Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
24 de julho de 2018, 09h23

Brasil é líder mundial de assassinatos contra defensores dos direitos humanos

Segundo o levantamento, 207 ativistas foram mortos em cerca de 22 países, 57 só no Brasil

(chacina de Pau d'arco)

De acordo com dados do relatório anual da Global Witness, organização internacional fundada em 1993, que será lançado nesta terça (24), o Brasil é o país que contabilizou o maior número de assassinatos de defensores de direitos humanos e socioambientais em 2017.

Segundo o levantamento, 207 ativistas foram mortos em cerca de 22 países.

Só no Brasil ocorreram 57 destes assassinatos. Nas Filipinas, segunda colocada, foram registradas as mortes de 48 pessoas, o maior número já documentado em um país asiático.

Já o México e o Peru tiveram um aumento nos assassinatos com relação a 2017: de três para 15 e de dois para oito, respectivamente.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum