Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
02 de abril de 2019, 17h00

Bretas aceita denúncias do MP e Temer vira réu por desvios na usina de Angra 3

Temer, Moreira Franco e outras 12 pessoas se tornaram réus por corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e peculato

Michel Temer. (Foto: Cesar Itiberê/PR)

O juiz Marcelo Bretas, da Lava Jato do Rio de Janeiro, aceitou duas denúncias do Ministério Público Federal feitas na última sexta-feira (29) e, assim, o ex-presidente Michel Temer, o ex-ministro Moreira Figranco e outras 12 pessoas investigadas pela operação se tornaram réus por supostos desvios de recursos nas obras da usina nuclear de Angra 3.

As acusações contra Temer e o grupo investigado são de corrupção ativa e passiva,lavagem de dinheiro e peculato. Os procuradores da Lava Jato estimam que os desvios tenham chegado a R$18 milhões.

Bretas chegou a mandou prender Temer, Moreira Franco e outros oito alvos da Operação Descontaminação, desdobramento da Lava Jato. O ex-presidente foi solto, através de um habeas corpus, no dia 25, após passar três dias na prisão.

Réu no caso da mala 

Na última quinta-feira (28), Rodrigo Bentemuller, juiz da 15ª Vara da Justiça Federal em Brasília, acolheu denúncia do Ministério Público Federal e transformou o ex-presidente em réu no caso da mala de R$ 500 mil da JBS.

O ex-assessor de Temer, Rodrigo Rocha Loures, já é réu no processo. Foi ele que foi flagrado carregando a mala do ex-executivo da J&F, Ricardo Saud. Para o MPF, os R$ 500 mil eram propina para o ex-presidente.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum