Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
19 de janeiro de 2020, 11h38

Bruno Covas afaga evangélicos e facilita isenção de IPTU para igrejas em São Paulo

A proposta foi concebida pelo presidente da Câmara Municipal, o evangélico Eduardo Tuma (PSDB) e deve acelerar a análise de pedidos que poderiam durar anos

Bruno Covas e Eduardo Tuma (Divulgação/Prefeitura de São Paulo)

O prefeito Bruno Covas (PSDB) aprovou nesta semana uma resolução que facilita a isenção do IPTU para templos religiosos, em São Paulo.

A medida, que entra em vigor no dia 1º de fevereiro, atende a templos que ficam em locais alugados. Aqueles que funcionam em prédio próprio já têm o benefício há tempo.

A ideia foi concebida pelo presidente da Câmara Municipal, o evangélico Eduardo Tuma (PSDB) e deve acelerar a análise de pedidos que poderiam durar anos, e agora podem ter resposta ainda em 2020.

A ação é vista como busca, por parte de Covas, de conquistar um eleitorado crescente. Contudo, segundo o prefeito, a medida não tem caráter eleitoral e já estaria sendo desenvolvida há meses, de acordo com a Folha de S. Paulo.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum