terça-feira, 29 set 2020
Publicidade

Bruno Covas afaga evangélicos e facilita isenção de IPTU para igrejas em São Paulo

O prefeito Bruno Covas (PSDB) aprovou nesta semana uma resolução que facilita a isenção do IPTU para templos religiosos, em São Paulo.

A medida, que entra em vigor no dia 1º de fevereiro, atende a templos que ficam em locais alugados. Aqueles que funcionam em prédio próprio já têm o benefício há tempo.

A ideia foi concebida pelo presidente da Câmara Municipal, o evangélico Eduardo Tuma (PSDB) e deve acelerar a análise de pedidos que poderiam durar anos, e agora podem ter resposta ainda em 2020.

A ação é vista como busca, por parte de Covas, de conquistar um eleitorado crescente. Contudo, segundo o prefeito, a medida não tem caráter eleitoral e já estaria sendo desenvolvida há meses, de acordo com a Folha de S. Paulo.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.