Fórumcast #20
10 de agosto de 2018, 17h24

Cabo Daciolo, Plano Ursal e teoria da conspiração provocam avalanche de memes

Candidato do Patriota rouba a cena no debate da Band, ao questionar Ciro Gomes sobre o Plano Ursal, que visa unir a América do Sul em uma única nação

Cabo Daciolo. Foto: Gustavo Lima/Câmara dos Deputados

Quem esperava ásperos diálogos entre os candidatos à presidência da República, no debate realizado pela Band, nesta quinta-feira (9), acabou tendo uma surpresa: o folclórico e até então desconhecido Cabo Daciolo (Patriota) foi um dos que mais chamaram atenção, por seu tom histriônico e apocalíptico, e acabou sendo o candidato mais procurado no Google depois do encontro de presidenciáveis.

Em uma de suas participações mais curiosas no debate, Daciolo endereçou uma pergunta ao candidato Ciro Gomes (PDT): “O senhor é um dos fundadores do Foro de São Paulo. O que pode falar sobre o Plano Ursal? Tem algo a dizer para a nação brasileira?”, indagou.

Quase não conseguindo esconder o riso, Ciro Gomes negou ser fundados do Foro São Paulo e disse: “Meu estimado Cabo, eu tive o prazer de lhe conhecer hoje e pelo visto o amigo não me conhece. Eu não sei o que é isso (Pano Ursal), não fui fundador do Foro de São Paulo e acho que está respondido”.

Daciolo não desistiu e rebateu: “Estamos falando aqui de um plano de nova ordem mundial. É a União das Repúblicas Socialistas da América Latina, que seria para unir a América do Sul, formando uma única nação. Quero deixar claro que em nosso governo o comunismo não vai ter vez. Deixar muito claro para os EUA e para China que aqui eles não terão vez”, disse, diante da perplexidade de todos.

Veja também:  E a Amazônia? Redes sociais questionam pouca atenção dada a queimadas no governo Bolsonaro

Em virtude de sua participação no debate, Cabo Daciolo acabou sendo alvo de inúmeros memes e tuítes bem-humorados.

Veja alguns:


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum