Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
05 de abril de 2019, 20h08

Cabral diz que comprou apoio de Crivella a Eduardo Paes por US$ 1,5 mi

Segundo o ex-governador, Paes tinha conhecimento do caso e, inclusive, participou da reunião que antecedeu o pagamento, efetuado pelo empresário Eike Batista

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

Em depoimento ao juiz da 7ª Vara Federal Criminal, Marcelo Bretas, Sérgio Cabral (MDB), ex-governador do Rio de Janeiro, deu declarações bombásticas nesta sexta-feira (5): afirmou que o prefeito Marcelo Crivella (PRB) recebeu US$ 1,5 milhão em troca do apoio a Eduardo Paes (DEM) no segundo turno da eleição municipal de 2008.

Segundo Cabral, Paes tinha conhecimento do caso e, inclusive, participou da reunião que antecedeu o pagamento. O ex-governador, preso desde 2016, afirmou que o responsável pela “caixinha” foi o empresário Eike Batista.

Naquela ocasião, Paes disputava o segundo turno com Fernando Gabeira. Crivella, senador à época, ficou em terceiro lugar. “Crivella me ligou. Disse que estava sendo pressionado pelo Armínio Fraga a apoiar o Gabeira por US$ 1 milhão. Mas que aquilo não tinha nada a ver com a Igreja. Fizemos reunião no Palácio Laranjeiras e depois um café da manhã na casa do Eike”, declarou.

Aécio

Conforme o ex-governador, também na campanha de 2008, Paes recebeu R$ 6 milhões do esquema de propina da Fetranspor. Ele disse, ainda, que outros candidatos receberam dinheiro do setor de transporte, como Aécio Neves, em 2014.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum