Câmara derruba proposta do Novo e garante 70% do Fundeb para salários de profissionais de educação

O partido foi derrotado por 399 votos a 19

Após aprovar por ampla maioria o substitutivo da deputada federal professora Dorinha Seabra sobre o novo Fundeb, a Câmara dos Deputados rejeitou por 399 a 19 um destaque apresentado pelo partido Novo que visava remover a subvinculação do Fundeb ao pagamento de profissionais de educação.

Com exceção do Novo, todos os partidos orientaram contra o destaque, que foi derrotado. Além dos parlamentares do Novo, votaram a favor da mudança: Bia Kicis (PSL-DF), Eduardo Cury (PSDB-SP), Fábio Ramalho (MDB-MG), Mauro Lopes (MDB-MG), Alex Manente (Cidadania-SP), Kim Kataguiri (DEM-SP), Gastão Vieira (PROS-MA), Rodrigo Coelho (PSB-SC), Paulo Martins (PSC-PR), Junio Amaral (PSL-MG), Luiz P. O.Bragança (PSL-SP).

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação criticou a proposta do partido. “Atenção deputados/as do partido NOVO: não existe educação pública de qualidade sem profissionais valorizados! Votem a favor da subvinculação mínima de 70% e contra o teto de investimento nos profissionais da educação”, tuitou a entidade.

A deputada federal Rosa Neide (PT-MT), uma das integrantes da Comissão Especial do Fundeb, também criticou a proposta. “Partido Novo apresentou destaque para eliminar do novo Fundeb a vinculação de no mínimo 70% dos recursos do fundo à remuneração dos profissionais da educação. Vamos Derrubar o destaque!”, tuitou.

O educador Daniel Cara, da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, comemorou a queda do destaque. “(Velho) Partido Novo derrotado. E, assim, os profissionais da educação terão, no mínimo, 70% dos recursos do FUNDEB para valorização profissional. Educação de qualidade depende de valorização das educadoras e dos educadores”, escreveu.

Destaque do centrão

Apesar da derrubada do destaque do Novo, uma modificação na redação sugerida por PL, PP, PSD, MDB, DEM, Solidariedade, PTB, PROS, Avante foi acatada por 267 a 201.

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.