O que o brasileiro pensa?
30 de junho de 2020, 12h22

Câmara do Recife vota retirada de busto de Castello Branco, que presidiu Brasil na ditadura, de ponte

"Já deixei dito: monumento é homenagem. Cabe ao povo decidir quem será homenageado ou não", disse Ivan Moraes (PSOL), autor do requerimento, que enfrenta resistência de vereadores do PSDB e PSC

O vereador Ivan Moraes, de Recife (Divulgação)

A Câmara do Recife debate em sessão remota nesta terça-feira (30) um requerimento do vereador Ivan Moraes (PSOL) que pede a retirada de um busto de Humberto Castello Branco, um dos ditadores que presidiu o Brasil durante a ditadura militar, da ponte que leva o nome do militar e é conhecida como Ponte da Caxangá, na Zona Oeste da capital pernambucana.

“Já deixei dito: monumento é homenagem. Cabe ao povo decidir quem será homenageado ou não”, escreveu Moraes no Twitter.

O vereador ainda destacou os argumentos usados por opositores para derrubar o projeto.

“No debate, entre vereadores contrários ao nosso requerimento que retira o busto de Castelo Branco, estão questionamentos ao monumento Tortura Nunca Mais e até continência ao exercito brasileiro. A votação vai ser interessante”.

Na sessão do dia 22 de junho, o vereador André Régis (PSDB) criticou o requerimento, dizendo que trata-se de “falta de foco” e minimizou a ditadura militar no Brasil. “Trata-se de obscurantismo e não cabe a este Poder dizer quem teve ou não razão”, afirmou o tucano, que pediu vistas e adiou a votação da proposta.

Renato Antunes (PSC) criticou na mesma sessão dizendo que é simplismo revisar a história dessa forma. “A história é fruto da contradição. Se retirar o busto da ponte, vamos colocar o quê no lugar, uma indagação pertinente. Não podemos retirar historicidade do Recife, votaria contra para não manchar a história do Recife, que serve para refletir sobre erros e acertos”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum