Fórumcast, o podcast da Fórum
25 de junho de 2019, 17h48

Câmara do Rio rejeita impeachment de Crivella e mantém prefeito no cargo

Vereadores concluíram que ele não cometeu nenhuma irregularidade na renovação dos contratos de publicidade para relógios de rua e pontos de ônibus

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, se livrou do impeachment. A Câmara Municipal aceitou, nesta terça-feira (25), o parecer entregue pela comissão processante e decidiu votar contra as denúncias. Com isso, o processo é suspenso pelos parlamentares.

Os vereadores absolveram Crivella em três denúncias relativas ao mesmo caso e aceitaram a sugestão da comissão entregue na última quarta-feira (19). Eles concluíram que o prefeito não teve culpa nas irregularidades cometidas.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Segundo a comissão, servidores cometeram erros na renovação de contratos com empresas que administravam anúncios no mobiliário urbano (relógios de rua e pontos de ônibus). Com a suspensão dos acordos, a prefeitura terá que devolver R$ 68 milhões, valor que tinha sido adiantado às empresas.

O vereador Luiz Carlos Ramos Filho (Podemos), relator da Comissão do processo de impeachment contra Crivella, pediu na última quarta-feira (19) o arquivamento do processo. A comissão processante, portanto, concluiu que Crivella não cometeu nenhum crime.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum