#Fórumcast, o podcast da Fórum
08 de outubro de 2019, 21h13

Câmara realiza audiência sobre Palestina e recebe relatos de violações

Na audiência foi destacada a perseguição que sofre o povo palestino e a importância do Brasil seguir solidário à causa

Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Uma audiência pública realizada pela Câmara dos Deputados sobre direitos humanos e os conflitos da Palestina foi marcada por depoimentos sobre graves desrespeitos sofrido pelo povo palestino e por pedidos de apoio para o reconhecimento do território do Estado Palestino.

A sessão, solicitada pelos deputados federais Marcio Jerry (PCdoB-MA), Érika Kokay (PT-DF) e Helder Salomão (PT-ES) também registou muitas críticas aos recentes posicionamentos de países como Estados Unidos e Brasil, que tem aprofundado relações com o governo israelense, validando uma política de apartheid contra árabes.

O pesquisador e ativista Pedro Charbel foi um dos convidados para a audiência e avaliou que, ao buscar armamentos usados pelo exército israelense, representantes brasileiros dão aval à militarização de Israel e financiam empresas que lucram com a opressão na região.

“Um sujeito que quer atirar em pessoas, na ‘cabecinha’, vai buscar em Israel drones que atiram, como fez (Wilson) Witzel assim que foi eleito, antes mesmo de tomar posse, buscando militarizar ainda mais a vida das populações no Rio de Janeiro, sobretudo negros e moradores das favelas”, avaliou.

O deputado Márcio Jerry destacou a importância de estabelecer a solidariedade internacional à causa. “É óbvio, mas é preciso lembrar que 142 países reconhecem a Palestina como Estado, mas ainda assim há incompreensões, supressão e negação de direitos. É preciso dizer, a partir de vocês, que estamos juntos e seguiremos juntos, lutando por liberdade, soberania e paz”, disse.

O embaixador da Palestina no Brasil, Ibrahim Alzeben, o presidente do Instituto Brasil-Palestina (Ibraspal), Ahmed Shehada, a professora da UnB Berenice Bento, o presidente do Observatório Euro-Mediterrâneo de Direitos Humanos, Ramy Abdu, também estiveram presentes.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum