O que o brasileiro pensa?
21 de maio de 2020, 12h01

Câmara recebe primeiro pedido coletivo de impeachment contra Bolsonaro

Ao todo, sete partidos e 400 entidades assinam o pedido. Presidente é acusado de crime de responsabilidade por sua participação em atos golpistas

Bolsonaro em ato de golpistas em frente ao quartel general do Exército em Brasília (Foto: Reprodução)

O PT entregou nesta quinta-feira (21) um pedido de impeachment coletivo contra o presidente Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputadas. Ao todo, assinam o documento sete partidos e 400 entidades sociais.

“Bolsonaro precisa ser impedido, seu governo está levando o Brasil e a maioria do povo para uma tragédia”, escreveu a presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, no Twitter. Entre as siglas que assinaram o pedido coletivo, além do PT, estão PCdoB, PSOL, PSTU, PCB, PCO e UP.

“O Brasil cansou de Bolsonaro. Ele é incompetente, ele é inepto, ele não reúne condições de governar e buscar soluções para os problemas graves que o Brasil está enfrentando: a crise sanitária, a pandemia que atingiu, fortemente, as famílias brasileiras; a crise econômica, que vai se agravar; e o pior, ele atenta, todos os dias, contra os direitos, contra a liberdade de imprensa, contra a democracia, contra as instituições”, afirmou José Guimarães (PT), líder da Minoria na Câmara.

Um dos principais argumentos do pedido de impeachment é a participação de Bolsonaro em manifestações de “índole antidemocrática e afrontosas à Constituição, em que foram defendidas gravíssimas transgressões institucionais, tais como o fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal, além da reedição do Ato Institucional no 5”, diz o texto.

O texto diz que trata-se de um crime de responsabilidade contra o livre exercício dos poderes legislativo e judiciário e dos poderes constitucionais dos Estados, além de crime de responsabilidade contra o livre exercício dos direitos políticos, individuais e sociais.

Instituições como o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Associação Brasileira de Economistas pela Democracia, Marcha Mundial das Mulheres e Movimento Negro Unificado assinaram o pedido.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum