Fórumcast, o podcast da Fórum
24 de outubro de 2018, 18h46

Campanha pede para que eleitores “esqueçam” livros em locais públicos e votem “pela democracia”

A iniciativa visa mostrar o quanto a educação é importante na vida das pessoas e contrapõe a ideia de Bolsonaro de distribuir armas para a população

Eleitores de Fernando Haddad (PT) lançaram uma campanha para incentivar as pessoas a “esquecerem” seus livros em locais públicos entre os dias 26 e 27 de outubro, que são antevéspera e véspera das eleições deste domingo (28).

A ideia é mostrar o quanto a educação é importante na vida das pessoas. A iniciativa pede que o eleitor deixe um recado grampeado na futura leitura de outro cidadão.

O recado recomendado é: “Este livro ‘esquecido’ é para você, que prefere ter um livro numa mão e a carteira de trabalho na outra. Dia 28 vote pela democracia! Vote 13”, diz um texto de divulgação que circula pelas redes sociais.

Veja também:  "Não há hipótese de eu não vencer!", exclama Haddad em tuíte que viralizou nas redes

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum