Fórumcast, o podcast da Fórum
10 de setembro de 2019, 07h16

Carla Zambelli relaciona censura a livros LGBTs com aumento de casos de Aids entre jovens gays “na era PT”

Acusada de nepotismo cruzado e de favorecer o filho para ingressar em uma escola militar, deputada bolsonarista atacou o youtuber Felipe Neto nas redes sociais por distribuir livros censurados de graça

Carla Zambelli e Bolsonaro (Montagem)

Para atacar o youtuber Felipe Neto, a deputada Carla Zambelli (PSL-SP) construiu uma relação tão homofóbica quanto à tentativa de censura de livros com conteúdo LGBT pelo prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), relacionando com um suposto aumento de casos de Aids entre gays durante a “era PT”.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

“Pesquisa de 2018 do Ministério da Saúde mostra que os casos de HIV entre jovens gays de 15 a 19 anos TRIPLICARAM entre 2006 e 2015 (na era PT). E ainda tem gente que acha que esfregar homossexualidade na cara de crianças vai ajudar os gays em alguma coisa. #FelipeNetoLixo”, tuitou a parlamentar bolsonarista.

Acusada de nepotismo cruzado e de favorecer o filho para ingressar em uma escola militar sem passar por concurso em menos de um ano de mandato, a líder do movimento Vem pra Rua atacou a atitude do youtuber, que comprou 14 mil livros que foram alvos de censura na Bienal do Rio e distribuiu gratuitamente.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum