Fórumcast, o podcast da Fórum
07 de março de 2019, 15h01

Carlos Bolsonaro diz que Chiquinho da Mangueira, do PSC, é “braço do PT”

Para criticar escola de samba, filho de Jair Bolsonaro compartilhou informação do deputado que foi preso na operação Furna da Onça, a mesma que levantou as movimentações suspeitas do ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz

Carlos Bolsonaro é do PSC, mesmo partido de Chiquinho da Mangueira (Reprodução)

Buscando artifícios para criticar a escola de samba campeã do grupo especial do Rio de Janeiro em 2019, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC/RJ) compartilhou uma notícia sobre o deputado estadual Chiquinho da Mangueira, que é do mesmo PSC, atrelando o parlamentar ao “braço esquerdo do PT”.

A imagens compartilhada faz menção à suposta propina que o deputado do PSC teria recebido do ex-governador Sérgio Cabral quando era presidente da escola de samba. A suspeita foi levantada pela operação Furna da Onça, a mesma que descobriu a movimentação suspeita de R$ 1,2 milhão de Fabrício Queiroz, ex-assessor do irmão de Carlos, o senador Flávio Bolsonaro, na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Carlos é o único do clã Bolsonaro que não migrou para o PSL, quando a legenda resolveu abrigar a candidatura do pai, Jair Bolsonaro, à presidência. Carlos queria que o pai saísse candidato pelo PSC e, desde à época, nutriu divergências com quadros do PSL, que resultou na crise no Planalto que levou à saída de Gustavo Bebianno do governo.

Críticas
Assim como as primeiras críticas à Mangueira, Carlos Bolsonaro tomou diveras invertidas nos comentários da publicação. “O Chiquinho da Mangueira é do SEU partido e que foi da sua FAMILÍCIA por anos … e esssa operação só não pegou teu irmãozinho (AINDA) por que o povo tá cego : De boas….. né corruptossssss”, tuitou Marcelo D2.

“Sabe o que é interessante? Você passou anos no PSC, partido do Chiquinho da Mangueira, e sua família sempre apoiou Cabral e o PMDB no RJ, enquanto nós denunciamos os escândalos do governo. Você não tem problema de memória: é só o mais puro mau-caratismo mesmo”, comentou o perfil oficiald do PSol.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum