Fórumcast #19
01 de julho de 2019, 17h02

Carlos Bolsonaro levanta suspeitas sobre GSI: “Mesmo que isso custe minha vida”

O 'pitbull' da família Bolsonaro aventou a possibilidade do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), comandado pelo general Augusto Heleno, estar envolvido no caso dos 39 kg cocaína que foram apreendidos em um avião da comitiva presidencial brasileira na Espanha

Foto: Reprodução

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) usou sua conta do Twitter na tarde desta segunda-feira (1) para levantar suspeitas sobre o Gabinete de Segurança Institucional (GSI), órgão do governo comandado pelo general Augusto Heleno.

Para o ‘pitbull’ da família Bolsonaro, o GSI estaria envolvido no caso dos 39 kg de cocaína que foram apreendidos na Espanha em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) que fazia parte da comitiva presidencial.

“Por que acha que não ando com seguranças? Principalmente aqueles oferecidos pelo GSI? Sua grande maioria podem até ser homens bem intencionados e acredito que sejam, mas estão subordinados a algo que não acredito. Tenho gritado em vão há meses internamente e infelizmente sou ignorado”, escreveu o vereador, que ainda completou: “Há muito mais nisso tudo! Mas se viemos aqui para deixar uma mensagem! Creio que essa faz parte dela, mesmo que isso custe minha vida!”.

O tuíte de Carlos veio como resposta a uma postagem do perfil “Snapnaro”, que compartilhou um vídeo da jornalista Regina Villela falando sobre o suposto envolvimento do GSI, bem como de parte da FAB e da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) no caso do tráfico internacional de drogas.

Veja também:  Aprovada na Câmara, MP da "liberdade econômica" corta mais direitos trabalhistas

“Esse peão [o sargento que pilotava o avião com cocaína] foi colocado nessa viagem para apenas desestabilizar Bolsonaro”, disse a jornalista, dizendo que todos os voos da FAB passam por inspeção dos órgãos citados.

“39 kg não são nada perto de um explosivo C4 colocado na cabine do presidente”, disse, conspirando sobre um eventual atentado contra o presidente.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum