Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
23 de março de 2018, 09h57

Cármen Lúcia procurou Celso de Mello um dia antes de pautar habeas corpus

O decano se sentiu ofendido com a declaração da presidente de que pautar a prisão em 2ª instância agora seria apequenar o Supremo

A coluna de Mônica Bergamo informa que, um dia antes de pautar o habeas corpus de Lula no STF, a presidente da corte, Cármen Lúcia, procurou Celso de Mello, o decano do tribunal, para conversar. Ouviu dele, de novo, apelos para que levasse o assunto ao plenário.

Ela o avisou da decisão no dia seguinte, quando ele já se dirigia para o tribunal. Conversou ainda com Marco Aurélio Mello, que ameaçava colocar uma questão de ordem para obrigá-la a pautar o assunto. O diálogo foi tenso.

“Você me ofendeu quando disse que designar data [para julgar a prisão depois de condenação em 2ª instância] seria apequenar o Supremo. Então, quando eu liberei as ações [de constitucionalidade sobre a regra] eu apequenei a corte?” Cármen disse que suas declarações foram distorcidas.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum