Carreatas voltam a tomar o país para pedir #ForaBolsonaro e #VacinaJá

Em várias cidades, protestos organizados por movimentos sociais e partidos políticos foram às ruas para mostrar rejeição ao presidente e ainda pedir a volta do auxílio emergencial

As carreatas pedindo #ForaBolsonaro ganharam as ruas de várias cidades do país novamente neste sábado (20). Os protestos, organizados por movimentos sociais, como a frente Brasil sem Medo e a Central de Movimentos Populares, e partidos políticos, foram pensados desta forma como uma maneira de mostrar a insatisfação popular com o governo Jair Bolsonaro (sem partido) com menos riscos de disseminar o novo coronavírus.  As manifestações seguem neste domingo (21). Entre hoje e amanhã, os atos somam mais de 70 cidades.

O Brasil vive o pior momento da pandemia de Covid-19, com explosão de casos e redes hospitalares de vários municípios entrando em colapso. A situação se agrava com a variante brasileira, a P1, que é mais transmissível.

Além de pedir o impeachment de Bolsonaro, as carreatas também pediam vacina para todos os brasileiros e a volta do auxílio emergencial.

A principal carreata da cidade de São Paulo teve concentração na praça Charles Muller, em frente ao estádio do Pacaembu, na zona oeste da capital paulista. Assim como as demais, ela se dirigiu à avenida Paulista, percorrendo as ruas do centro, com mais de 200 veículos.

Carreata contra Bolsonaro em SP (Foto Divulgação CMP)

“É a voz das ruas contra esse governo da exclusão, do desemprego e da fome. Não vamos sair das ruas até que essa política que privilegia os ricos e que joga milhões de pessoas na pobreza chegue ao fim”, afirma Raimundo Bonfim, coordenador nacional da Central de Movimentos Populares (CMP).

Em Guarulhos (SP), o deputado federal Alencar Braga (PT-SP) mostrou a organização do movimento e escreveu: “Carreata #ForaBolsonaro e #VacinaJá em Guarulhos segue firme denunciando o governo genocida de Bolsonaro e seus milicos incompetentes que agora querem afundar a Petrobras depois de afundar o país”.

O ex-deputado Renato Simões (PT-SP) publicou as imagens da concentração e movimento em Campinas (SP). A carreata saiu do centro e foi em direção a bairros que são símbolo da luta por moradia popular na cidade.

Outra cidade do interior paulista realizou o movimento pela manhã. Foi Sorocaba, onde a CUT registrou o movimento.

Avatar de Fabíola Salani

Fabíola Salani

Graduada em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo. Trabalhou por mais de 20 anos na Folha de S. Paulo e no Metro Jornal, cobrindo cidades, economia, mobilidade, meio ambiente e política.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR