sábado, 26 set 2020
Publicidade

Caso Adriano da Nóbrega: Presidente do PSOL tenta audiência com secretário de Segurança da Bahia

O presidente nacional do PSOL, Juliano Medeiros, relatou por meio de suas redes sociais que buscou o secretário de Segurança Pública do governo da Bahia, Maurício Barbosa para tratar sobre a operação policial que terminou com a morte do miliciano Adriano da Nóbrega, na madrugada do último domingo (9), mas não obteve resposta.

“Estou em Salvador. A Direção do PSOL da Bahia havia solicitado audiência com o Secretário de Segurança, Maurício Barbosa, para obter mais informações sobre a operação que redundou na morte de Adriano da Nóbrega. Mas parece que o secretário optou por não nos receber. Por que?”, questionou Medeiros.

A operação conduzida pelas polícias do Rio de Janeiro e da Bahia levantou novos questionamentos após a Revista Veja publicar fotos do corpo de Adriano que sugerem que ele tenha sido executado quando já estava rendido. A suspeita é que a morte foi encomendada como “queima de arquivo”.

O governador da Bahia, Rui Costa, comentou na tarde desta sexta-feira que só soube da operação policial depois que ela já havia sido deflagrada. “Eu sou governador do estado. Eu não cuido de cada bandido, cada criminoso da Bahia. Muito menos do Brasil. Isso está nas mãos do Ministério Público do Rio, da Bahia”, disse o mandatário baiano.

Foi o secretário Maurício Barbosa que contou para o governador sobre a operação.


Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.