Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
12 de novembro de 2019, 20h08

Celso de Mello repudia declaração de advogada bolsonarista: “ódio cego e visceral, quando não patológico”

Depois de decisão da Corte sobre a prisão após condenação em segunda instância, Cláudia Teixeira Gomes postou nas redes sociais: “Que estuprem e matem as filhas dos ordinários ministros do STF”

Foto: Julio Cruz/Agência Brasil

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), divulgou nesta terça-feira (12) uma nota para repudiar as declarações da advogada bolsonarista Cláudia Teixeira Gomes. Depois da decisão da Corte sobre a prisão após condenação em segunda instância, ela postou nas redes sociais: “Que estuprem e matem as filhas dos ordinários ministros do STF”.

Mello chamou de “ódio cego e visceral, quando não patológico” a publicação da advogada e afirmou que ela cometeu crime de incitação pública, previsto no artigo 286 do Código Penal e “perseguível mediante ação penal pública incondicionada”.

“A que ponto chegam o ódio cego e visceral, quando não patológico, a irracionalidade do comportamento humano e o fundamentalismo político daqueles que, podendo legitimamente criticar, de forma dura e veemente, posições antagônicas, tal como lhes permite a Constituição da República, optam, no entanto, por incitar práticas criminosas”, disse o ministro. A informação é de Fausto Macedo, de O Estado de S. Paulo.

Tribunal de Ética

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Rio Grande do Sul encaminhou ofício ao Tribunal de Ética e Disciplina da entidade para cobrar “providências imediatas”, a respeito da manifestação de Cláudia.

Advogada em Osório, no Rio Grande do Sul, segundo informações de seu perfil, ela não esconde sua adoração por Jair Bolsonaro e Sérgio Moro, com fotos dos dois na rede social.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum