Chefe de Comunicação quer Bolsonaro menos “reativo” nas redes em 2020

Fábio Wajngarten, chefe da Secom, planeja uma nova estratégia de comunicação digital para o presidente.

O chefe da Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom), Fábio Wajngarten, prepara uma reforma na comunicação digital do presidente Jair Bolsonaro neste início de 2020. Segundo ele, Bolsonaro e seu governo precisam cultivar uma postura mais menos reativa e mais propositiva nas redes sociais.

A avaliação de Wajngarten, segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, é a de que falta velocidade e intensidade na divulgação dos projetos do governo nas redes, tanto nas oficiais como nas do presidente. Para ele, a performance de Bolsonaro no meio digital deixou a desejar, mas presidente soube aproveitar a mídia tradicional, como TV e rádio.

No decorrer de seu primeiro ano de mandato, Bolsonaro enfraqueceu a comunicação institucional da Presidência e colocou em segundo plano os canais oficiais do governo. Desta forma, o presidente tomou o protagonismo de sua comunicação através do uso massivo das redes sociais, todas supervisionadas pelo filho Carlos Bolsonaro (PSC-RJ).

Com isso, por conta da falta de uma supervisão profissional, algumas postagens ao longo do ano foram alvo de inúmeras críticas. Em outubro, por exemplo, Bolsonaro postou um vídeo em que se coloca como um leão cercado por uma alcateia de cerca de 20 hienas em meio à savana. Os animais que cercam o felino são caracterizados como partidos, veículos da grande mídia e movimentos sociais.

 

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR