terça-feira, 29 set 2020
Publicidade

Chico Buarque e Caetano entre mais de 300 artistas assinam manifesto em apoio a Boulos e Erundina

Alguns dos mais expressivos artistas do Brasil, como Chico Buarque, Caetano Veloso, Laerte Coutinho, Wagner Moura, Gregório Duvivier entre outros assinaram um manifesto em apoio à candidatura de Guilherme Boulos e Luiz Erundina para a prefeitura de São Paulo.

O texto afirma que “as eleições municipais de 2020 serão decisivas para o Brasil. No meio de uma crise sanitária e social definiremos nosso futuro. Em São Paulo, a maior cidade do país, temos o desafio de derrotar o projeto autoritário de Bolsonaro e projeto elitista dos tucanos, que relega os territórios populares ao esquecimento”.

“Hoje vivemos um momento sombrio. O governo de Jair Bolsonaro é exemplo da aliança perversa entre a extrema-direita e o neoliberalismo. Com ele, ocorre a privatização completa do que é público, o desprezo pelos programas sociais”, diz ainda o manifesto.

Leia o texto completo abaixo e a lista com os artistas que o assinam:

SÃO PAULO PRECISA DE BOULOS E ERUNDINA!

As eleições municipais de 2020 serão decisivas para o Brasil. No meio de uma crise sanitária e social definiremos nosso futuro. Em São Paulo, a maior cidade do país, temos o desafio de derrotar o projeto autoritário de Bolsonaro e projeto elitista dos tucanos, que relega os territórios populares ao esquecimento. Mais do que isso: temos o desafio de propor uma alternativa que faça a cidade voltar a sonhar. É isso que representa a chapa Boulos e Erundina.

Uma pesquisa realizada em 2000 por um jornal paulistano mostrava que a população de São Paulo dividia a história política recente da cidade em dois momentos fundamentais: antes e depois de Luiza Erundina. Esse marco histórico tinha como conteúdo a memória social sobre a política desenvolvida nas áreas da educação, saúde, transporte, habitação e cultura e sobre a participação dos cidadãos na definição dessas políticas por meio do orçamento participativo. O governo de Erundina concretizou na prática a ideia de sociedade democrática: aquela que se define pela criação, ampliação e garantia de direitos, alargando a cidadania ao combater a divisão entre as carências de muitos e os privilégios de poucos.

Essa cisão se transformou num verdadeiro abismo de desigualdade e exclusão, quando doença, morte e desemprego marcam com seu selo tenebroso os corações e as mentes de nosso povo. Por isso não é obra do acaso o encontro entre Erundina e Boulos, o jovem do Povo sem Medo, encontro entre a sabedoria e a esperança para atravessar o abismo na construção de um novo presente. Guilherme Boulos construiu sua trajetória no movimento social, ao lado dos sem-teto. Expressa o compromisso com o direito à cidade para todos, com a inclusão social.

Hoje vivemos um momento sombrio. O governo de Jair Bolsonaro é exemplo da aliança perversa entre a extrema-direita e o neoliberalismo. Com ele, ocorre a privatização completa do que é público, o desprezo pelos programas sociais, a desinstitucionalização da república, a desqualificação e o descrédito da democracia, ameaçando a validade dos parlamentos e das instituições jurídicas, promovendo manifestações contra ambos, ancorado em grupos milicianos e na declaração de que o Brasil não tem o que construir, mas muito a destruir – do meio ambiente à vida de cada um de nós. Estamos sob a crueldade de um governo nacional marcado pela ignorância, pela violência, pela corrupção, pela mentira e pelo deleite perverso diante da dor e da morte. Em São Paulo, o projeto do PSDB liderado por João Doria está neste mesmo campo, ainda que estejam separados por conveniências eleitorais.

Eis porque Boulos e Erundina erguem contra isso a positividade de uma nova política cujo núcleo é a ideia de Solidariedade. Em seu sentido pleno, solidariedade significa reconhecer o outro como nosso semelhante. Eticamente, significa reconhecer o outro como sujeito de direitos. Politicamente, significa a presença um princípio social, jurídico e cívico de reconhecimento da dignidade do outro. A unidade ético-política da solidariedade é o que permite aos seres humanos passar da condição de vítimas passivas à de agentes capazes de tomar seu destino em suas próprias mãos. Somente a Solidariedade pode deitar raízes em nosso presente para negá-lo e construir um novo futuro.

São Paulo precisa de Boulos e Erundina. O Brasil precisa deles.

Adelmo Bassi Junior – arquiteto

Aderbal Freire – ator e diretor de teatro

Adolfo Oliveira – professor UFPA

Afranio Catani – professor na USP

Aíla Magalhães – cantora e compositora

Alexandre Freitas Barbosa – professor na  USP

Alice Braga – Atriz

Amara Moira – professora de literatura, travesti

Amauri Pollachi, mestre em Planejamento e Gestão do Território

Amir Haddad – ator e diretor de teatro

Ana Amelia Macedo

Ana Basaglia

Ana Claudino – pesquisadora, ciberativista e criadora do canal Sapatão Amiga

Ana de Hollanda – cantora, compositora e ex-ministra da Cultura

Ana Terra – compositora e poeta

André Zanardo – Advogado coordenador do Justificando

Andrea Caldas – professora (UFPR)

Andrea Penna – jornalista

Anna Luiza Salles Souto

Annelise Godoy – Produtora Executiva Phila Brasil AS

Antonio Grassi – ator e diretor do Museu de Inhotim

Aquiles Reis (músico, integrante do MPB-4)

Arnaldo Antunes – músico, compositor, poeta e artista visual

Artur Scavone – Jornalista

Astrid Fontenelle – apresentadora de televisão e jornalista

Ateliê Piratininga/ Fradique Coutinho

Áurea Augusta – professora UFPB

Barbara Gancia – jornalista

Bebel Gilberto – cantora, compositora e produtora

Bel Coelho – chef de cozinha

Bela Gil – Apresentadora e chef de cozinha

Bernardo Ricupero – professor na USP

Bielo Pereira – Apresentadora do GNT e podcaster

Boaventura Sousa Santos –

Bob Wolfenson – fotógrafo

Bruno de Conti – professor na Unicamp

Bruno Torturra – jornalista

Caetano Veloso – cantor e compositor

Caio Mariano – Advogado

Camila Amado – atriz.

Camila Mota – atriz, dramaturga, diretora e artista visual

Camila Pitanga – atriz

Carla Souza Poppovic – produtora

Carlito Carvalhosa – pintor e escultor

Carmem Cecília Amaral –

Casa Poética/ Ermelino Matarazzo

Cecilia Ribeiro – produtora cultural

Célia Regina Batista Serrão – professora na Unifesp campus Guarulhos / FPEI

Celio Turino – Escritor e Historiador

Celso Antônio Bandeira de Mello – jurista, advogado e professor na PUC/SP

Celso Carvalho – urbanista

Celso Curi – jornalista

César Benjamin – editor

Céu – cantora e compositora

Chico Alencar – professor, ex-deputado federal

Chico Buarque – cantor e compositor

Chico Diaz – ator

Christian Dunker – Psicanalista e professor na USP

Cibele Rizek – Professora na USP

Cid Benjamin – jornalista, vice-presidente da ABI

Claudia Mauro

Claudia Regina da Silva

Claudio Prado – Ativista e Produtor Cultural

Claudio Puty – professor UFPA

Cristina Adelina de Assunção – Atriz, Historiadora e Salmmaster

Cristina Serra – jornalista

Daniel Aarão Reis – historiador

Daniel Cara – professor

Daniel Carvalho/ Educador e Poeta

Daniel de Oliveira

Daniel Sarmento – Jurista

Daniela Thomas – cineasta, diretora teatral, dramaturga, iluminadora, cenógrafa e figurinista

Deca Madureira – Diretor Geral da Cia Brasílica, pesquisador da cultura popular, bailarino e músico

Denise Gentil – professora (UFRJ)

Diego Moschkovich – Diretor de Teatro e Pesquisador

Dira Paes – atriz

Dulce Aquino – professora UFBA

Edson Lima/ Educador cultural

Edson Miagusko – professor UFRRJ

Edson Paulo Souza/ Articulador cultural e ator do Grupo Buraco d’Oraculo

Eduardo Fagnani – professor na Unicamp

Eduardo Moreira – economista

Eduardo Ver – Artista Plástico e Xilogravurista

Edvaldo Belussi Junior – Servidor Publico

Elyeser Szturm – professor na UnB

Enivo – Artista Plástico

Ernesto Neto – Artista Plástico

Esther Solano – Professora na Unifesp

Fabiana Cozza – cantora

Fabio Cypriano – jornalista e professor da PUC-SP

Fábio Malini – Professor e Pesquisador de dados da UFES.

Fábio Nogueira – professor UNEB

Fabrício Nobre – Produtor Cultural ex Presidente da ABRAFIN 

Felipe Camargo – ator

Fernanda Brandão – Atriz

Fernando Anitelli – Teatro Mágico

Fernando Eiras – ator e roteirista

Fernando Meirelles – cineastra, produtor e roteirista

Fernando Moraes – Jornalista e escritor

Fernando Possato –

Ferrez – escritor, poeta e contista

Fioty – músico

Flávio  de Campos – Professor do departamento de História da USP

Flávio de Campos/ Educação Física USP

Flo Menezes – compositor

Florencia Ferrari – editora

Francisco Cabral Alambert – Professor do departamento de história da USP

Frei Betto – escritor

Gabriel RG – Jornalista e Intelectual Negro

Gabriela Veiga – Atriz e ativista Vegana

Gastao Vagner – professor UNICAMP

Geraldo Juncal Junior – arquiteto

Gerson Sobrinho Salvador de Oliveira – Médico

Gigi Barretto

Gil Carvalhosa – produtor

Gil Douglas – Produtor Cutural

Gil Inoue – Fotógrafo

Gilda Aparecida Cassiano –

Giselle Beiguelman

Grazielle David – economista

Gregório Duvivier – ator, roteirista e escritor

Guilherme Leme – ator

Guilherme Waber –

Guilherme Wisnik – professor na USP

Gustavo Anitelli – Teatro Mágico

Gustavo Soares – Produtor Cultural

Hasan – Espaço Al Janiah

Heloisa Passos – produtora, diretora e diretora e fotografia

Henrique Frota – coordenador do Instituto Polis

Henrique Vieira – Ator e Pastor Batista

Igor Fuser – Professor de Relações Internacionais da UFABC

Iraneth Rodrigues Monteiro – historiadora

Ivan Ferreira Santos de Carvalho – Professor, membro da coordenação do Fórum Paulista de Educação Infantil

Ivana Jinkings – editora e diretora da Boitempo

Ivo da Silva Júnior – professor Unifesp

Jé Oliveira/ Ator, Dramaturgo e Diretor

Jean Marc von der Weid – agroecólogo, ex-presidente da UNE

Joana Maranhão – ativista e atleta

João Feres Júnior – professor IESP-UERJ

João Nascimento Artista, Diretor e pesquisador das artes Negras

João Wainer – Fotógrafo e Documentarista

Jonnata Doll – Artista e roqueiro

Jonny Hooker – cantor e compositor

José Luiz Bayeux Neto – advogado

José Miguel Wisnik – escritor e músico

José Trajano – Jornalista

José Trindade – professor UFPA

Joselicio Júnior – Círculo Palmarino

Joyce Moreno – cantora e compositora.

Juan Velasquez – Ator, brincante, diretor e pesquisador da cultura popular

Julia Lemertz – atriz

Juliana Carapeba – cineasta e diretora de arte

Julita Lemgruber – socióloga

Jupiara Castro – lutadora histórica do movimento negro

Kelson Barros – Produtor

Kleber Pagú –  Ativista Urbana e Produtor Cultural

Laerte Coutinho – cartunista

Larissa Januário – chef e ativista negra

Laymert Garcia dos Santos – prof na PUC

Leo Lana – roteirista

Leonardo Avritzer – cientista político

Leonardo Gomes –  Educador, Artista e Papeleiro.

Letícia Quessada da Silva –

Ligia Bahia – professora na UFRJ

Locca Faria – cineasta e produtor de cinema

Lucas Teixeira

Lucia Thomé

Luís Felipe Miguel – professor UnB

Luís Fernando Veríssimo – escritor

Luís Filipe de Lima – músico

Luiz Álvaro de Toledo Barros Júnior –

Luiz Antônio Amaral –

Luiz Áquila – artista plástico.

Luiz Araújo – professor UNB

Luiz Bernardo Pericás – Professor da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP

Luiz Carlos Máximo – compositor dos sambas da Mangueira em 2019 e 2020

Luiz Eduardo Soares – Antropólogo, ex-secretário nacional de Segurança Pública

Luiz Enrique Vieira – professor na UFBA

Luiz Gonzaga Belluzo – economista e professor na Unicamp

Luiz Henrique de Toledo/ Antropólogo UFSCAR

Luiz Jackson – professor na USP

Luiz Ruffato – escritor

Maeve Jinkings – atriz

Magali Nascimento Cunha – Metodista

Maíra Kubik – professora UFBA

Malu Galli – atriz

Manuela Oiticica (Manu da Cuíca) – compositora dos sambas da Mangueira em 2019 e 2020

Marcello Nascimento de Jesus – Professor, Okupação Cultural Coragem

Marcelo Badaró – Professor da UFF

Marcelo Costa

Márcia Tiburi – filósofa e escritora

Marco Antonio Rocha – professor da Unicamp

Marcos Felipe – Ator e Produtor da Cia Mungunzá de Teatro

Marcos Gallon – filósofo e curador de arte

Marcos Lauro – Jornalista

Mari Stockler – fotógrafa e diretora de arte

Maria Amélia de Almeida Teles “Amelinha” – feminista e ativista dos Direitos Humanos

Maria Cermelli –

Maria de Lourdes Zuquim – professora USP

Maria Fernanda Candido – atriz

Maria Gadu – cantora e compositora

Maria Lucia Cacciola – Professora da USP

Maria Padilha – atriz

Maria Rita Kehl – Psicanalista e professora da USP

Mariana Felix – poeta do slam das mina

Mariana Lacerda – diretora e roteirista

Mariana Lima – atriz e produtora

Marieta Severo – atriz

Marilena Chaui – filósofa e professora na USP

Marina Íris – cantora

Marina Lima – cantora e compositora

Marina Person – Atriz e Apresentadora

Marta Batalha – escritora

Maurício Amaral

Max Maciel – Ativista

Michel Melamed – ator

Milton Temer – jornalista e ex-deputado federal

Monica Iozzi – atriz

Moreno Veloso – músico, cantor e compositor

Natália Nolli Sasso/ Curadora, Poeta, Performer e feminista

Nathalia Dill – Atriz

Neide de Souza Ferreira – arquiteta

Netto Duarte – Artista Plástico e Produtor Cultural

Ni Brisant – Editor Selin Trovoar e poeta

Nildo Ouriques – professor (UFSC)

Orlando Moraes – cantor

Osmar Prado – ator

Otávio Muller – ator

Otto – cantor, compositor, percussionista e produtor

Pablo Capile – produtor cultural, mídia Ninja

Pablo Villaça – jornalista

Pasquale Cipro Neto – professor e linguista

Pastor Daniel Antonio dos Santos da Comunidade Cristã da Zona Leste.

Pastor Levi Araujo – Pastor e Sustentabilista Progressista

Pastor Wellington Santos – Pastor da Igreja Batista do Pinheiro

Patrícia da Silva Santos – professora na UFPA

Patricia Palumbo – Radialista e apresentadora

Paula Amaral – dramaturga e roteirista

Paula Burlamaqui – atriz

Paula Lavigne – atriz e produtora

Paulo Betti – ator, roterista e cineasta

Paulo César Feital – músico e compositor

Paulo César Pedrini – Pastoral Operária

Paulo Jerônimo – jornalista

Paulo Sérgio Duarte – professor

Padre Julio Lancelotti

Padre Paulo Bezerra

Padre Antônio Iraildo Alves de Brito

Padre Antônio Manzatto – Arquidiocese de São Paulo

Padre Leandro Feliciano Narciso – Igreja Vétero Católica no Brasil

Padre Marílton Queiroz Viana

Pedro Cardoso – ator, redator

Pedro Inoue – Designer Editor da Revista Adbusters

Pedro Paulo Z. Bastos  – professor da Unicamp

Pedro Rossi – professor da Unicamp

Pedro Serrano – jurista e professor da PUC

Peter Pal Pelbart – filósofo, ensaísta, professor e tradutor

Petra Costa – Cineasta

Phamella Dal Bello – Educadora Social, Feminista, Marxista

Presbítero William Carvalho – Líder na Comunidade Cristã na Zona Leste

Preta Ferreira – cantora e produtora cultural

Pupillo – músico

Rafael Valim – advogado

Raquel Rolnik – Arquiteta e professora USP

Reginaldo Nasser – Professor livre-docente de Relações Internacionais PUC/SP

Rejane Carolina Hoeveler –  Professora UFRJ

Renato Janine Ribeiro – professor, ex-ministro da Educação

Ricardo Abramovay – sociólogo

Ricardo Antunes – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Unicamp

Ricardo Fabbrini – professor USP

Ricardo Horta  

Ricardo Kobayashi

Ricardo Musse – professor USP

Ricardo Pagliuso Regatieri – professor na UFBA

Rita Von Hunty – drag queen, colunista da carta capital, ativista LGBT

Rodrigo Ciríaco – Escritor e Educador

Rodrigo França – Ator, diretor, roteirista, filósofo e cientista social

Rodrigo Pereira – professor UFBA

Rosalina Santa Cruz – prof PUC, feminista e militante dos direitos humanos

Rosana Miziara – historiadora

Rubens rewald – cineasta, professor USP

Rui Amaral – Artista Plástico

Ruy Braga – professor USP

Sandra Helena – professora UFPA

Scarlett Marton – professora USP

Scheila Grecco – jornalista e empresária

Sergio Bairon – Diversitas, Professor ECA/USP

Silvia Buarque – atriz

Silvia Lopes/ Instituto das Cidades UNIFESP

Silvio Caccia Bava –  editor-chefe do Le Monde Diplomatique

Silvio Rosa – professor Unifesp

Sofia Carvalhosa

Solange Farkas – curadora de artes visuais

Sonia Braga – Atriz

Sonia Guajajara – liderança indígena

Spartakus – youtuber, publicitário, apresentador e palestrante

Stella Senra – PUC

Suely Rolnik – Psicanalista

Tales Ab’Saber – Professor Unifesp

Tereza Cristina – cantora

Thaís Rivitti – curadora de artes visuais

Theresa Jessouroun – cineasta

Thiago Almasy – Ator, roteirista e diretor

Thiago Dude – Comediante

Tica Andrada

Tico Santa Cruz – cantor e compositor

Tim Rescala

Tom Cardoso/ Escritor e Jornalista

Tom Zé – cantor, compositor

Valerio Arcary – Professor do IFSP

Vanessa Bumagny/ Cantora e Compositora

Vera Telles – Professora da USP

Vera Zimmerman – atriz

Veronica Julian

Virginia Cavendish – atriz e produtora

Virgínia Fontes – Professora da UFF

Vladimir Safatle – professor da USP

Wagner Moura – ator e cineasta

Wagner Tiso – músico, compositor e arranjador

Wagner Xavier de Camargo/ Antropólogo

Walfrido Warde – advogado e jurista

Walmir Damasceno Katuvanjesi – terreiro de Candomblé Inzo Tumbanzi e coordenador geral do Ilabantu

Weida Zancaner – Advogada e professora na PUC/SP

Xan Raveli – itwoman, creator e ativista negra

Xico Chaves – artista plástico

Xico Sa – jornalista e escritor

Ze de Abreu – ator

Zeca MCA – Produtor Cultural

Zélia Duncan – atriz, cantora e compositora

Julinho Bittencourt
Julinho Bittencourt
Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.