Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
30 de outubro de 2019, 18h32

Ciro diz que é “explosivamente grave” acusar Bolsonaro de envolvimento na morte de Marielle

O ex-ministro ainda afirmou que é incontestável que Bolsonaro tem uma "relação orgânica" com a milícia

Reprodução/ Instagram

Em conversa com o jornalista Fabio Panuzzio nesta quarta-feira (30), o ex-ministro Ciro Gomes disse que se deve “baixar a bola” com relação à reportagem do ‘Jornal Nacional’, da TV Globo, que mostra um possível envolvimento de Jair Bolsonaro no assassinato da vereadora Marielle Franco.

“É fato incontestável de que a família Bolsonaro tem uma relação com a corrupção vil dos gabinetes a partir do próprio Jair Bolsonaro como deputado federal, e, mais grave do que isso, a conexão orgânica com as milícias. […] A conexão é flagrante. Aí adiante, estabelecer uma conexão com o assassinato da Marielle é muito explosivamente grave”, declarou o candidato à presidência pelo PDT em 2018.

Segundo Ciro, Bolsonaro está “absolutamente em pânico” com o exercício da democracia na rua que tem sido visto na América Latina e por isso tem adotado uma retórica mais explosiva nos últimos dias. “Eu fico todo dia com inveja do povo do Chile. Acho que a gente tinha que ocupar as ruas e dar um basta nesses estado de coisas no Brasil”, afirmou ainda o pedetista.

O ex-ministro acredita que o presidente não completa o mandato, mas não se anima com a possibilidade de um impeachment. “Eu quero que o Bolsonaro pague pelas contas que ele tiver. Mas quando a gente começa a gostar de fraude ao estado de direito democrático porque aquilo alcança o adversário, você na verdade violenta o princípio que vem contra você. Eu pretendo ser presidente do Brasil e eu não vou deixar que o Brasil seja amolado por um conjunto oportunista de ocasião”, declarou.

“Eu advogo que o STF assuma e leve essa investigação às últimas consequências. Eu, inclusive, acho que o Bolsonaro não tem condições morais de presidir o Brasil faz tempo. Ele é um vendilhão, um despreparado, um boçal”, completou.

Assista à entrevista completa:


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum