sábado, 19 set 2020
Publicidade

Ciro Gomes chama Bolsonaro de “imbecil” e “semianalfabeto”

O ex-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT-CE), em entrevista ao jornal português Diário de Notícias, publicada nesta quinta-feira (28), não poupou críticas ao governo de Jair Bolsonaro e ao ex-presidente Michel Temer, a quem considera que a prisão chegou tardiamente.

O ex-governador do Ceará citou uma série de acontecimentos recentes para dizer que o “capital político do governo está se decompondo”, enquanto a “máscara começa a cair”.

“O que gerou esse fenômeno de eleger um despreparado, um semi-analfabeto — não no sentido de leitura, mas no sentido de compreensão da vida — como o Bolsonaro, um maluco, em rigor, um imbecil — uma palavra dura para se dizer de um presidente mas é um imbecil — foi a onda antipetista”.

Sobre Temer, que foi preso no último dia 21 de março e solto quatro dias depois, Ciro disse que ele “merecia estar condenado e preso talvez há 10, 20 anos. Mas até hoje não remanesce ainda formalizada nenhuma condenação”.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.