O que o brasileiro pensa?
19 de fevereiro de 2020, 19h04

Ciro Gomes diz que Cid não corre risco de morte

O senador foi atingido por dois tiros de arma de fogo após tentar impedir motim policial no Ceará

Reprodução/Twitter

O candidato à presidência nas eleições de 2018 pelo PDT, Ciro Gomes, comentou sobre o ataque realizado por policiais militares do Ceará contra o seu irmão, senador Cid Gomes (PDT-CE), na tarde desta quarta-feira (19).

” Meu irmao Cid Gomes foi vitima de dois tiros de arma de fogo por parte de policiais militares amotinados e mascarados em Sobral, nossa cidade. Até aqui as informações médicas são de que as balas não atingiram órgãos vitais apesar de terem mirado seu peito esquerdo. Novos exames estão sendo feitos mas a palavra aos familiares e amigos é de que Cid não corre risco de morte”, afirmou o ex-ministro.

Ciro, que disse estar “cheio de revolta”, ainda fez um apelo às autoridades pedindo investigação sobre o episódio. “Espero serenamente, embora cheio de revolta, que as autoridades responsáveis apresentem prontamente os marginais que tentaram este homicídio bárbaro às penas da lei”, declarou.

Cid Gomes chegou à cidade após denúncias de que homens encapuzados em viaturas estariam obrigando o fechamento de comércio e forçando as pessoas a ficarem em casa durante a instauração de greve ilegal de policiais militares que não aceitaram acordo do governador Camilo Santana (PT) com a categoria.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum