Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
04 de dezembro de 2019, 22h11

Ciro Gomes diz que “todo dia celebra” decisão de ter ido viajar no segundo turno

Declaração de Ciro na GloboNews revela mágoa do ex-ministro, que afirmou que engoliu o PT por 30 anos e por isso não atuou no segundo turno

Reprodução/GloboNews

Em conversa com a jornalista Andreia Sadi, do ‘Em Pauta’, da GloboNews, exibida nesta quarta-feira (4), o ex-ministro Ciro Gomes disse não se arrepender nem um pouco de ter deixado de fazer campanha no segundo turno das eleições de 2018. O candidato do PDT no pleito afirmou que teve muitas dúvidas, mas disse que se cansou de engolir o PT.

“Todo dia eu me celebro de ter tomado aquela decisão que me custou muito angústia. Todo dia eu me celebro”, afirmou Ciro ao ser questionado pela jornalista sobre o fato de ter viajado logo após sua derrota no primeiro turno.

A pergunta de Sadi foi a seguinte: “O senhor foi muito criticado durante as eleições do segundo turno pelos eleitores do PT por ter ido viajar. Muita gente dizia, e inclusive o ex-presidente Lula, que o senhor preferiu ir para Paris a apoiar o candidato Fernando Haddad. O senhor nunca se arrependeu de nunca ter feito campanha explícita?”

O ex-ministro ainda revelou ter ficado com uma “dúvida extrema”, mas optou por não fazer campanha para Haddad porque não aguentava mais o PT. “Foram 30 anos, Andreia, eles não respeitam nada nem ninguém. Foram 30 anos eu engolindo desse jeito. E aí ‘não, deixa, é o Lula’. Ele virou inimputável e isso é o que corrompeu Lula”, declarou.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum