Ciro Gomes vai entrar na Justiça contra Bolsonaro sobre compra de leite condensado: “Isso é corrupção!”

“Enquanto isto, o povo sofre sem oxigênio, sem auxílio e sem vacinas!”, completou

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT-CE) afirmou em sua conta do Twitter, nesta terça-feira (26) que vai entrar na Justiça para pedir explicações sobre os gastos do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) com alimentação, entre eles mais de R$ 15 milhões em Leite Condensado. “Isso é corrupção!”, afirmou Ciro.

“Entrarei na justiça para pedir explicações sobre os gastos absurdos do Bolsonaro! Mais de R$ 15 milhões em Leite Condensado e Chiclete com dinheiro público? Isso é corrupção!”

Ciro disse ainda em outro post que “o mesmo presidente que diz que o Brasil está quebrado gasta esses valores com dinheiro público em plena pandemia: R$ 15 milhões em leite condensado R$ 16 milhões em batata frita R$ 31 milhões em refrigerante”.

“Enquanto isto, o povo sofre sem oxigênio, sem auxílio e sem vacinas!”, completou.

Levantamento divulgado pelo Portal Metrópoles no domingo (25) mostra que leite condensado está entre os principais gastos do governo em supermercado.

Notícias relacionadas

Deputado Paulo Pimenta quer CPI da Mamata para investigar R$ 15 milhões de Bolsonaro com leite condensado

Segundo o (M)dados, foram R$ 15.641.777,49 gastos apenas em Leite Condensado no ano de 2020. Com base no Painel de Compras, do Ministério da Economia, o Metrópoles estimou gastos de mais de R$ 1,8 bilhão no carrinho de compras do governo, um aumento de 20%.

Além dos itens de “cesta básica”, chamam atenção os R$ 16,5 milhões gastos em batata frita embalada, R$ 13,4 milhões em barra de cereal, R$ 12,4 mi em ervilha em conserva, R$ 21,4 mi em iogurte natural. Só em goma de mascar, foram R$ 2.203.681.

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR