Ciro Nogueira, da tropa de choque de Bolsonaro na CPI do Genocídio, apaga enquete após levar virada

Maioria dos votos ia contra o que defende o senador na comissão

O senador Ciro Nogueira (PP-PI), integrante da “tropa de choque” que defende o presidente Jair Bolsonaro na Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga as omissões do governo na pandemia de Covid-19 – a chamada CPI do Genocídio -, realizou nesta quarta-feira (12) uma enquete em seu perfil no Instagram questionando qual deveria ser o foco da comissão e acabou tendo uma surpresa.

Prints divulgados nas redes sociais mostram que mais de 80% dos seguidores do senador votaram que a “o uso da cloroquina” era o fator mais importante a ser investigado pela CPI. A opção “desvio de verbas da Covid”, defendida por Nogueira como prioridade, ficou com menos de 20% de adesão.

Em razão da derrota, a enquete foi apagada do perfil do senador.

O streamer Luide Matos, que tem acompanhado as sessões da comissão ao vivo, parece ser um dos responsáveis pela virada na enquete.

https://twitter.com/jairmearrependi/status/1392527369391443968
Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Lucas Rocha é formado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e cursa mestrado em Políticas Públicas na FLACSO Brasil. Carioca, apaixonado por carnaval e pela América Latina, é repórter da sucursal do Rio de Janeiro da Revista Fórum e apresentador do programa Fórum Global