CNJ abre investigação contra juiz do TRT que criticou nas redes vídeo de Bolsonaro

Corregedor Nacional de Justiça, Humberto Martins diz que manifestação de Rui Ferreira com críticas ao vídeo compartilhado por Bolsonaro pode ser vista como conduta ‘político-partidária’

O corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, determinou a abertura de investigação contra o juiz do Trabalho da 4ª Região, Rui Ferreira dos Santos, que criticou em um post nas redes sociais o vídeo compartilhado por Jair Bolsonaro no Whatsapp convocando para os atos do dia 15 de março, que prega a instauração de um novo AI-5, com fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo Martins, a manifestação do magistrado nas redes sociais com críticas ao vídeo compartilhado pelo presidente poderia ser visto como conduta ‘político-partidária’.

A determinação do ministro dá prazo de 60 dias para apuração do caso e a apresentação dos fatos à Corregedoria Nacional de Justiça.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.