O que o brasileiro pensa?
09 de julho de 2020, 10h23

CNJ quer saber de onde juíza Gabriela Hardt tirou R$ 500 milhões oferecidos ao governo para combate à Covid-19

A "doação" ganhou destaque na edição do Jornal Nacional com a chamada: "Lava Jato no Paraná oferece R$ 500 milhões para combater a Covid, mas governo não responde"

A juíza Gabriela Hardt - Foto: YouTube/Reprodução

O corregedor-geral de Justiça, ministro Humberto Martins, deu prazo de 15 dias para a juíza Gabriela Hardt, que ficou conhecida pela decisão “copia e cola” contra Lula ao substituir Sérgio Moro na 13ª Vara Federal de Curitiba, explicar a origem da oferta de R$ 500 milhões oferecidos ao governo em nome da Lava Jato para combate ao coronavírus.

A “doação” ganhou destaque na edição do Jornal Nacional da última terça-feira (6) com a chamada: “Lava Jato no Paraná oferece R$ 500 milhões para combater a Covid, mas governo não responde”.

Na reportagem, a Globo destaca a decisão da juíza, diz que o dinheiro vem de “empresas que desviaram recursos públicos, confessaram os esquemas e pagaram multas” e que a oferta “cumpre uma resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), assinada pelo presidente do órgão, ministro Dias Toffoli — priorizando a destinação de recursos de multas ao combate à pandemia do coronavírus”.

Humberto Martins, no entanto, quer saber qual a origem dos recursos oferecidos; se tais recursos estão depositados em conta vinculada ao juízo; se tais valores já foram transferidos para os beneficiários; dentre outras questões.

No pedido, o ministro quer que Gabriela explique quais os critérios utilizados para a definição da destinação dos recursos e para a seleção dos processos em que tais recursos foram depositados.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum