Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
17 de outubro de 2018, 21h54

Coligação “O Povo Feliz de Novo” pede que PF investigue “indústria” de fake news de Bolsonaro

Solicitação é centrada em quatro tópicos: uso deliberado de notícias falsas; doação não declarada de verbas do exterior; propaganda eleitoral paga na internet e utilização indevida do WhatsApp

Foto: TV Globo/Reprodução

A assessoria jurídica da coligação “O Povo Feliz de Novo” ingressou, nesta quarta-feira (17), com um pedido de investigação à Polícia Federal (PF). A solicitação pede apuração em relação à verdadeira indústria de fake news e estímulo à violência nas redes sociais por parte da campanha de Jair Bolsonaro e seu vice, General Mourão.

A reivindicação é no sentido de que a PF investigue a campanha de Bolsonaro sobre os eixos centrais dessa prática: o uso deliberado de notícias falsas; a doação não declarada de verbas do exterior; propaganda eleitoral paga na internet e a utilização indevida do WhatsApp.

A petição cita que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mandou a retirada de mais de 100 links de fake news contra a coligação de Fernando Haddad e Manuela D’Ávila, somando mais de 146 mil compartilhamentos e 20 milhões de visualizações. Apesar disso, a quantidade de notícias falsas nas redes sociais não para de crescer.

O próprio Bolsonaro e seus filhos, nas redes sociais e em rede nacional de televisão, utilizam-se indiscriminadamente de mentiras, boatos e fake news contra Fernando Haddad, conforme comprovam decisões recentes do TSE.

O documento pede, ainda, que a Polícia Federal investigue a possibilidade de que a campanha do militar esteja atuando em conjunto com estrangeiros sem transparência e sem prestação de contas, o que configuraria uma doação de fonte vedada.

Outra solicitação é de que Bolsonaro seja investigado por uso indevido do WhatsApp, inclusive para propagar fake news e incitar a violência.

Leia aqui a íntegra do documento

Com informações Lula.com.br


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum