Colunista propõe Ciro vice de Lula… O que você acha?

Ele defende, com argumentos bons e isso é inegável, que se é possível defender Alckmin como vice, Ciro seria uma opção melhor para Lula

Já que amplos setores do PT e dos entusiastas de Lula estão às turras se degladiando por conta da possibilidade real de Geraldo Alckmin ser o vice na chapa do petista na eleição presidencial de 2022, por que não considerar Ciro Gomes para esse posto, já que ele teria muito mais a agregar do que o quase ex-tucano?

O raciocínio que, se observado preliminarmente e sem uma análise mais aprofundada, até faz sentido, é do colunista Juan Arias, do diário espanhol El País. Após sua publicação, na noite de sábado (4), legiões de eleitores de Lula, Ciro e até de Alckmin passaram a debater, às vezes de forma pouco civilizada, a hipótese colocada pelo veterano escritor e jornalista andaluz que vive no Brasil há mais de 20 anos.

“Não há dúvida de que Ciro, que já disputou várias eleições presidenciais e ficou em terceiro lugar contra Bolsonaro, é um dos políticos mais bem preparados e com maior experiência do país, com uma grande bagagem intelectual. E hoje seria um candidato competitivo contra Bolsonaro se Lula não pudesse ou não quisesse disputar a eleição. Mas o melhor agora, para os dois e para o país, seria que esquecessem suas rixas pessoais e voltasse os olhos para aquilo que interessa ao país, que é ficar livre do pesadelo de Bolsonaro”, escreveu Arias, rogando pelo entendimento do líder petista e do cacique pedetista.

O artigo do espanhol de 89 anos, já imaginando o tamanho da encrenca que despertaria, começa explicando que aquilo não se trata de troça, tampouco de mentiras.

“O título desta coluna não é brincadeira nem fake news. É uma reflexão em um momento crítico da política brasileira, às vésperas de um ano eleitoral que se vislumbra tenso e cheio de incógnitas”, justifica.

A hipótese ventilada por Arias ganha mais força quando ele usa um argumento que, seja você lulista, cirista ou alckmista, não se pode negar que é verdadeiro, quanto ao espectro ideológico desses atores.

“Se alguém considera absurda essa possibilidade, não acredito que seja menos crível e vitoriosa do que o vice de Lula contra Bolsonaro ser o conservador e desgastado Geraldo Alckmin, a mil léguas da esquerda”, sustenta o colunista.

O fato é que o texto de Juan Arias provocou barulho nas redes e mexeu com as emoções de muita gente neste fim de ano que anuncia um difícil 2022, sob os pontos de vista eleitoral, político e econômico.

Publicidade

No entanto, o quase nonagenário articulista, que volta e meia é atacado supostamente por ter opiniões de direita, embora seja um sobrevivente da Guerra Civil espanhola e da ditadura de Francisco Franco, quando sua mãe, segundo conta, fechava as cortinas da pequena casa do povoado de Arcos, na Galícia, para que ele não visse os fuzilamentos, quis mesmo foi colocar o dedo na ferida e perguntar aos progressistas brasileiros: O que você acha do Ciro como vice de Lula?

Notícias relacionadas

Avatar de Henrique Rodrigues

Henrique Rodrigues

Jornalista e professor de Literatura Brasileira.