Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
27 de novembro de 2019, 13h09

Com 24 horas de atraso, David Alcolumbre repudia fala de Guedes sobre AI-5

“É inadmissível, a todo momento, uma declaração, que remonta ao passado triste da nossa história, como o retorno do AI-5, vir à tona”, disse

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

O presidente do Senado, David Alcolumbre (DEM-AP), afirmou, através de sua conta do Twitter, nesta quarta-feira (27), que “é inadmissível, a todo momento, uma declaração, que remonta ao passado triste da nossa história, como o retorno do AI-5, vir à tona”.

Alcolumbre, se referindo tanto ao deputado federal, Eduardo Bolsonaro, quanto ao ministro Paulo Guedes, disse ainda que “o caminho para a prática da Democracia é o respeito ao País”.

“Nós vivemos tempos em que as instituições brasileiras têm que ser preservadas. É inadmissível, a todo momento, uma declaração, que remonta ao passado triste da nossa história, como o retorno do AI-5, vir à tona. O caminho para a prática da Democracia é o respeito ao País.”

A reação de Alcolumbre chega 24 horas atrasada e se refere à entrevista coletiva em Washington D.C., nesta terça-feira, do ministro da Economia, Paulo Guedes. Na ocasião, ele se irritou ao comentar a saída de Lula da prisão e afirmou que os discursos do ex-presidente justificam um acirramento das ações no governo de Jair Bolsonaro. Inclusive, Guedes sugeriu a implementação do AI-5, instrumento da ditadura militar, para reprimir possíveis manifestações de rua.

Em entrevista à jornalista Leda Nagle, no final de outubro, Dudão, filho do presidente Jair Bolsonaro falou na instituição de “um novo AI-5” como resposta ao que ele classifica como “radicalização da esquerda”.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum