O que o brasileiro pensa?
03 de maio de 2020, 06h41

Com advogado de Eduardo Cunha, Moro depõe, come pizza e entrega à PF conversas com Bolsonaro

Ex-ministro da Justiça foi assistido pelo criminalista Rodrigo Sánchez Rios no depoimento em que entregou áudios, conversas e e-mails trocados com Bolsonaro durante sua passagem pelo governo

Sérgio Moro (Foto: Lula Marques)

Assistido pelo advogado criminalista Rodrigo Sánchez Rios, que já fez a defesa do ex-deputado Eduardo Cunha e de empresários da Odebrecht na Lava Jato, o ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, disse estar cansado após depoimento de quase 9 horas à delegada Christiane Corrêa Machado, chefe do Setor de Inquéritos do Supremo Tribunal Federal, neste sábado (2) na superintendência da Polícia Federal em Curitiba, no Paraná.

Leia também: Bolsonaristas choram em frente à PF por “facada” de Moro em Bolsonaro: “Pior que a do Adélio”, assista

No local, onde o ex-presidente Lula ficou preso por 580 dias após condenação pelo então juiz da Lava Jato, Moro teria confirmado as denúncias de interferência de Jair Bolsonaro na Polícia Federal e entregado conversas, áudios e e-mails trocados com Bolsonaro como supostas provas.

O depoimento começou por volta das 14h e terminou às 22h40. No início da noite, um entregador levou pizzas para Moro e a equipe que acompanha a oitiva, entre eles os procuradores João Paulo Lordelo Guimarães Tavares, Antonio Morimoto e Hebert Reis Mesquita, designados pelo PGR Augusto Aras para acompanhar o caso.

Em frente à sede da PF em Curitiba, próximo ao local onde apoiadores do ex-presidente Lula ficaram acampados durante toda a sua prisão, grupos de manifestantes se dividiam entre apoio a Moro e Bolsonaro. Houve choro, discussões e agressões a jornalistas que faziam a cobertura do depoimento.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum