sábado, 19 set 2020
Publicidade

Com dólar a R$4, ‘Fora Dilma’ se torna um dos assuntos mais comentados do Twitter

O dólar atingiu seu patamar mais alto nesta quinta-feira (28) desde outubro do ano passado: pela manhã, a moeda norte-americana estava cotada em R$4.

A alta é fruto da instabilidade política do país que é influenciada pela conturbada tentativa de tramitação da reforma da Previdência no Congresso, bem como por mandos e desmandos do governo Bolsonaro que intensificam a crise institucional e fazem com que o mercado reaja negativamente.

Nas redes sociais, internautas ironizaram a alta do dólar com o termo ‘Fora Dilma’, que está há horas nos Trending Topics do Twitter. Isso porque em 2015 e em 2016 inúmeros manifestantes, hoje apoiadores de Jair Bolsonaro, foram às ruas para pedir o impeachment de Dilma Rousseff. Um dos principais argumentos era que, com a ex-presidenta, a economia estava em frangalhos e o dólar, em alta. Era comum em atos e manifestações ver crianças, influenciadas pelos pais, segurando cartazes com dizeres como “Quero ir para a Disney”.

Com a eleição de Jair Bolsonaro muitos comemoraram uma possível queda da moeda norte-americana, o que não aconteceu e motivou a provocação dos usuários de redes sociais.

Confira a repercussão.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.