Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
06 de fevereiro de 2020, 06h49

Com lucro de R$ 25,8 bi, presidente do Bradesco já fala em demitir com reforma tributária

Garoto-propaganda das reformas do governo Jair Bolsonaro, Octavio de Lazari, presidente do Bradesco, diz que demitirá metade do departamento de auditoria do banco caso a reforma tributária seja aprovada, sinalizando que outras empresas farão o mesmo

Octavio Lazari, presidente do Bradesco (Reprodução)

Garoto-propaganda das reformas do governo Jair Bolsonaro, Octavio de Lazari, presidente do Bradesco, afirmou que o banco pode reduzir pela metade o departamento de auditoria, que conta hoje com 372 pessoas, caso a reforma tributária seja aprovada, sinalizando que outras empresas farão o mesmo.

“O Bradesco tem 372 funcionários no departamento de auditoria só para cuidar de impostos. Se for simplificado, poderia ter metade. Diminuir o número de impostos tiraria um custo importante das empresas”, disse, em entrevista na edição desta quinta-feira (6) do jornal O Estado de S.Paulo.

Nesta semana, o Bradesco anunciou que teve um lucro de R$ 25,8 bilhões em 2019, primeiro ano de condução da política econômica por Paulo Guedes e Jair Bolsonaro. O montante fez com que o banco crescesse 20% no ano. O resultado foi puxado principalmente pelos empréstimos, que no quarto trimestre chegou ao valor de R$ 604,9 bilhões, uma alta de 13,8% em relação ao ano anterior.

Mesmo assim, Lazari diz que o banco acredita em um crescimento do PIB em 2,5% em 2020, apostando em mais reformas para beneficiar o sistema financeiro.

“A reforma da Previdência era a mais importante e passou. Pelo que tenho visto, apesar de termos calendário eleitoral no segundo semestre, vamos conseguir andar com as reformas administrativa e tributária, além da independência do Banco Central”, afirmou.

Leia também: Bolsonaro faz chacota com desempregado: Vou lançar o programa minha primeira empresa

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum