quarta-feira, 30 set 2020
Publicidade

Com mais de 80% de rejeição, Temer diz que pesquisa não é verdadeira

O presidente Michel Temer segue sendo otimista ao questionar ou relativizar as pesquisas de opinião que mostram sua baixíssima popularidade. Nesta segunda-feira (18), a jornalistas, o emedebista afirmou que a última pesquisa Datafolha que aponta 82% de rejeição “não é verdadeira”. A pesquisa foi divulgada no último dia 10.

Leia também
Temer acha que tem aprovação popular, mas pessoas teriam “vergonha” de dizer
Otimista: Temer diz que seu nome é ‘bem recebido’ em pesquisas de voto

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, Temer questionou a credibilidade da pesquisa ao ser perguntado sobre como retomar a votação de pautas do governo no Congresso mesmo diante da baixa popularidade. A declaração foi dada após um almoço com líderes do Mercosul em Assunção, no Paraguai.

Os números divulgados na pesquisa colocam Temer como o presidente mais impopular da história do Brasil. Ele superou o seu próprio recorde, que era de 73% de reprovação, em setembro do ano passado. Somente 3% dos brasileiros, de acordo com o estudo, acreditam que o governo Temer seja bom. Saiba mais sobre a pesquisa aqui.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.