Fórum Educação
30 de janeiro de 2020, 08h20

Com PPI, Paulo Guedes ganha 100% do controle do processo de privatizações

Transferência do Programa de Parceria e Investimentos (PPI) da Casa Civil para a Economia, na mais nova crise no Planalto, concentra projeto de venda de estatais nas mãos de Guedes, que reclamava da falta de agilidade de Onyx Lorenzoni

Onyx Lorenzoni, Paulo Guedes e Bolsonaro (Foto: Marcos Corrêa/PR)

A mais recente crise no Planalto, com o vai e vem na exoneração do número 2 de Onyx Lorenzoni, Vicente Santini, deu lucro ao ministro da Economia, Paulo Guedes.

A decisão de Jair Bolsonaro de punir Onyx com a transferência do Programa de Parceria e Investimentos (PPI) da Casa Civil para a Economia faz agora que todo projeto de privatização do governo esteja concentrado nas mãos de Guedes – uma antiga reivindicação do ministro.

Na pasta de Guedes, o PPI deve ficar sob a alçada de Salim Mattar, na secretaria de Desestatizações.

Com a decisão, Bolsonaro deve intensificar a pressão para o andamento do programa de privatizações, já que antes Guedes culpava a Casa Civil, de Onyx, pela morosidade do processo.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum