Fórumcast, o podcast da Fórum
17 de julho de 2019, 10h36

Com “torcida” de Bolsonaro por Macri, Mourão diz que relação com a Argentina independe de eleições

"Nossa relação é uma relação de Estado, independentemente do governo que for eleito ", disse Mourão em meio a onda de ataques de Bolsonaro contra a chapa kirchnerista

Mourão e Bolsonaro (Arquivo)

O silêncio do general Hamilton Mourão, comemorado por Bolsonaro na semana passada, foi quebrado. O vice-presidente convocou um encontro com correspondentes estrangeiros e voltou a adotar um tom moderado em assuntos “quentes” governo, como é o caso da eleição da Argentina.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

“Avalio que existe uma torcida no nosso governo para que o presidente Macri consiga se reeleger, pelos laços de amizade já estabelecidos. No entanto, nossa relação é uma relação de Estado, independentemente do governo que for eleito temos que buscar o melhor para os países, o benefício mútuo”, disse Mourão segundo o La Nación.

Segundo o jornal argentino, Mourão defendeu que o Brasil adote uma postura “flexível e pragmática” no comércio exterior em meio ao conflito entre China e Estados Unidos e que não se pode abandonar um aliado regional importante como a Argentina.

A postura de Mourão com relação ao país vizinho vai de encontro com a de Jair Bolsonaro, que exalta abertamente a reeleição de Macri e promove constantes ataques a Cristina Kirchner e a Alberto Fernández, candidato na chapa da ex-presidenta. A candidatura oposicionista vem em crescimento e pode até mesmo vencer em primeiro turno.

Veja também:  Se Bolsonaro odeia tanto o comunismo, então sejamos comunistas!

Alberto Fernández, em visita ao ex-presidente Lula em Curitiba, disse que não comentaria as provocações de Bolsonaro e que o brasileiro poderia continuar falando mal dele, que “não sabia o bem que fazia”. Eduardo Bolsonaro, o filho do presidente aspirante a embaixador, atacou Fernández pela visita.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum