Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
17 de julho de 2019, 10h36

Com “torcida” de Bolsonaro por Macri, Mourão diz que relação com a Argentina independe de eleições

"Nossa relação é uma relação de Estado, independentemente do governo que for eleito ", disse Mourão em meio a onda de ataques de Bolsonaro contra a chapa kirchnerista

Mourão e Bolsonaro (Arquivo)

O silêncio do general Hamilton Mourão, comemorado por Bolsonaro na semana passada, foi quebrado. O vice-presidente convocou um encontro com correspondentes estrangeiros e voltou a adotar um tom moderado em assuntos “quentes” governo, como é o caso da eleição da Argentina.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

“Avalio que existe uma torcida no nosso governo para que o presidente Macri consiga se reeleger, pelos laços de amizade já estabelecidos. No entanto, nossa relação é uma relação de Estado, independentemente do governo que for eleito temos que buscar o melhor para os países, o benefício mútuo”, disse Mourão segundo o La Nación.

Segundo o jornal argentino, Mourão defendeu que o Brasil adote uma postura “flexível e pragmática” no comércio exterior em meio ao conflito entre China e Estados Unidos e que não se pode abandonar um aliado regional importante como a Argentina.

A postura de Mourão com relação ao país vizinho vai de encontro com a de Jair Bolsonaro, que exalta abertamente a reeleição de Macri e promove constantes ataques a Cristina Kirchner e a Alberto Fernández, candidato na chapa da ex-presidenta. A candidatura oposicionista vem em crescimento e pode até mesmo vencer em primeiro turno.

Alberto Fernández, em visita ao ex-presidente Lula em Curitiba, disse que não comentaria as provocações de Bolsonaro e que o brasileiro poderia continuar falando mal dele, que “não sabia o bem que fazia”. Eduardo Bolsonaro, o filho do presidente aspirante a embaixador, atacou Fernández pela visita.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum