Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
22 de fevereiro de 2020, 00h35

Começou o Carnaval, taokei? Crítica a Bolsonaro aparece no primeiro desfile

Antes do desfile, representantes da Liga das Escolas de Samba do Rio apresentaram uma faixa endereçada a Witzel

Reprodução/Twitter

Foi dada a largada dos desfiles do Carnaval de 2020 na Sapucaí.

Um grande Bozo, ele mesmo, palhaço, usando uma faixa presidencial e fazendo arminha com a mão, fez parte do desfile da Acadêmicos de Vigário Geral.

O enredo é “O conto do vigário”.

A presidenta da Vigário Geral criticou Crivella, prefeito do Rio. Elizabeth Cunha contou ao jornal O Globo que a escola precisou pedir ajuda às co-irmãs para colocar o carnaval na rua em 2020. “os últimos anos têm sido muito difícil, principalmente, para a Série A”, disse ela.

A presidente da Vigário Geral criticou o prefeito Marcelo Crivella. Segundo Elizabeth Cunha, a escola precisou pedir ajuda às co-irmãs para colocar o carnaval na rua em 2020. De acordo com Elizabeth, “os últimos anos têm sido muito difícil, principalmente, para a Série A”.

— Esse ano foi muito difícil, mas pedindo aos amigos e fazendo reciclagem, colocamos a escola na rua. Pedimos ao governador que ele nos ajude porque, nos últimos anos, na Gestão Crivella, tem sido dureza – disse Betinha ao jornal O Globo.

Antes do desfile, representantes da Liga das Escolas de Samba do Rio apresentaram uma faixa endereçada a Witzel no setor 1. Eles afirmam que a Série A “sofre pela falta de apoio do poder público”. Segundo a direção da liga que representa a Série A, as escolas estão “agonizando”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum