Entrevista exclusiva com Lula
27 de novembro de 2019, 16h15

Congresso derruba veto de Bolsonaro e escolas terão psicólogos e assistentes sociais

"Foi uma grande conquista dos movimentos sociais, sindicatos, dos conselhos de psicologia e serviço social e da sociedade brasileira", comentou o advogado Ariel de Castro Alves

Foto: Reprodução

O Congresso derrubou o veto feito por Jair Bolsonaro, que visava barrar a proposta que vai garantir o atendimento por profissionais de psicologia e serviço social para alunos das escolas públicas de educação básica. A medida foi encaminhada pelo ex-deputado José Carlos Elias e visa o processo de aprendizagem e das relações entre alunos, professores e a comunidade escolar.

O presidente da República, no entanto, havia vetado a proposta alegando questões financeiras. Segundo Bolsonaro, a resolução criaria despesas obrigatórias ao Poder Executivo.

Não é sócio Fórum? Quer ganhar 3 livros? Então clica aqui.

“Ao vetar, Bolsonaro se mostrou insensível com a violência nas escolas, mesmo após o massacre ocorrido na escola Raul Brasil, em Suzano, que vitimou oito pessoas, entre alunos e funcionários, em março deste ano. Ele defende armas para todos, prega o ódio e a intolerância e veta propostas de prevenção à violência escolar, doméstica e ao suicídio de crianças e adolescentes. A derrubada do veto presidencial foi uma grande conquista dos movimentos sociais, sindicatos, dos conselhos de psicologia e serviço social e da sociedade brasileira”, comentou o advogado Ariel de Castro Alves, integrante do Conselho Estadual de Direitos Humanos (Condepe).

Dos 202 dispositivos vetados pelo presidente Jair Bolsonaro (VET 43/2019) na Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2020 (Lei 13.898, de 2019), três foram derrubados. Um deles foi o que proibia a transferência de recursos públicos a entidades não governamentais.

Com informações da Agência Senado

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum