Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
27 de fevereiro de 2020, 21h23

Covid-19: Governo estuda confisco de máscaras cirúrgicas e aventais

“Vamos impedir a exportação e determinar a apreensão dos produtos na própria fábrica, se necessário", declarou o secretário-executivo do Ministério da Saúde

Joao Gabbardo e Henrique Mandetta | Foto: Erasmo Salomão/MS

Em entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira (27), o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo Reis, afirmou que o ministério estuda ações para garantir o abastecimento de materiais de saúde em meio à crise do novo coronavírus (Covid-19).

“Há produtores que se mostraram desinteressados em vender [máscaras e aventais] para o Ministério da Saúde. Preferem exportar. Nós não vamos contemporizar. Vamos impedir a exportação e determinar a apreensão dos produtos na própria fábrica, se necessário”, afirmou.

Gabbardo conta que o ministério tentou comprar produtos por meio de licitação de mais de R$ 140 milhões, mas não obteve interessados. Ele afirma que os produtores parecem mais interessados em ganhar com a exportação dos produtos hospitalares, principalmente para a China.

O secretário aponta que algumas chegaram a participar da licitação, mas agora pretendem deixar a concorrência. “Vamos agir com bastante rigor. Pode haver penalidades: são passíveis de [bloqueio] na participação em licitações públicas e multa. A Lei 13.979, aprovada pelo Congresso, nos permite isso”, disse ainda.

“O Brasil precisa deste produto, se nós precisarmos disso e não houver disponibilidade para vendar para o Ministério da Saúde, vamos utilizar tudo que o ministério [tem]. Estamos numa situação de emergência em saúde pública”, completou.

Com informações do R7


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum