CPI: Humberto Costa defende reunião prévia para ouvir ex-esposa de Pazuello

"Se houver questões sérias em relação aos objetos de investigação, não há dúvida de que ela será convocada", disse Humberto Costa sobre o dossiê feito por Andrea Barbosa a respeito do ex-marido, Eduardo Pazuello

O senador Humberto Costa (PT-PE) defende que membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 – a CPI do Genocídio – façam uma reunião prévia com a ex-esposa do general Eduardo Pazuello, Andrea Barbosa, antes de decidir pela convocação ou não dela para prestar depoimento.

“Se houver disposição da senhora Andrea Barbosa, nós queremos fazer uma reunião prévia com ela para saber do teor do quer falar e da relevância para a CPI. Se houver questões sérias em relação aos objetos de investigação, não há dúvida de que ela será convocada para que compartilhe o que sabe com a comissão”, disse o senador à Fórum nesta segunda-feira (28).

Segundo a coluna de Malu Gaspar, no jornal O Globo desta segunda-feira (28), Andrea Barbosa teria como foco a namorada do ex-ministro, Laura Appi, de 33 anos, que atualmente ocupa o cargo de diretora de programa na Secretaria de Atenção Primária à Saúde.

Em agosto de 2020, a Fórum já havia adiantado que Laura, médica infectologista que havia completado sua formação em março de 2018, foi alçada ao Ministério da Saúde por Pazuello para ser sua principal assessora em assuntos técnicos relacionados à pasta.

Ao lado de Pazuello, a médica recém-formada teria orientado na mudança de protocolo que prevê a prescrição de hidroxicloroquina e azitromicina para o coronavírus.

No dia 20 de março, dia em que Laura, que é primeiro-tenente do Exército, foi nomeada por Pazuello, o Ministério da Saúde divulgou um termo de consentimento para permissão de uso de “Hidroxicloroquina/cloroquina em associação com Azitromicina para Covid-19”.

O termo não consta mais no portal atual do Ministério da Saúde, mas ainda pode ser encontrado em um endereço antigo do site.

A nova orientação foi uma imposição de Jair Bolsonaro e tida como principal motivo para saída precoce de Nelson Teich do comando do Ministério da Saúde.

Publicidade

No dia 19 de março, um dia após a mudança no protocolo, Pazuello, ainda ministro interino, esteve com a namorada no Palácio do Planalto para discutir sobre o novo protocolo de aplicação da cloroquina.

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR