Em meio a crise hídrica, Congresso cria Frente Parlamentar da Energia

O senador Jean Paul (PT), crítico da gestão energética de Bolsonaro, presidirá a frente suprapartidária

O Congresso Nacional agora possui uma Frente Parlamentar de Recursos Naturais e Energia (FPRNE). A frente, que será presidida pelo senador Jean Paul Prates (PT/RN), foi instalada nesta quarta-feira (27).

A iniciativa suprapartidária tem como objetivo promover articulações, debates e outras iniciativas a respeito de políticas públicas e medidas que estimulem o uso sustentável de recursos naturais e a geração e o consumo responsáveis de energia.

Essa frente surge no Congresso em meio à crise hídrica que afeta o setor energético, fez disparar a conta de luz e pode acabar provocando um apagão durante o governo de Jair Bolsonaro. Além disso, há um debate sobre o futuro da Eletrobras e da Petrobras, ameaçadas pelo ministro Paulo Guedes, da Economia.

Jean Paul, que também exerce a função de Líder da Minoria, é um crítico ferrenho da gestão energética do governo Bolsonaro. O senador exaltou a frente como “a grande congregadora de todas as fontes renováveis, não renováveis, da transição energética, do uso da energia, da eficiência energética, dos aspectos ambientais, sociais e econômicos do setor energético”. 

“Quando verificamos a necessidade de integrar o setor energético, debater melhor as condições e as políticas públicas, principalmente as legislações a respeito desses segmentos para que não fiquem competindo predatoriamente, mas que tenhamos integração energética e, principalmente, transição energética, já que o Brasil deve se colocar como um dos protagonistas principais dessa transição, dada a sua condição de múltiplas fontes, riqueza de recursos naturais e de biomas”, explicou.

O deputado federal Lafayette de Andrada (Republicanos/MG) ocupará a primeira vice-presidência da frente. O segundo vice-presidente será o Senador Marcos Rogério (DEM/RO).

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Lucas Rocha é formado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e cursa mestrado em Políticas Públicas na FLACSO Brasil. Carioca, apaixonado por carnaval e pela América Latina, é repórter da sucursal do Rio de Janeiro da Revista Fórum e apresentador do programa Fórum Global

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR