Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
11 de outubro de 2018, 17h04

Cristovam Buarque, que votou a favor do impeachment, diz que votará em Haddad

"Não vou ajudar a abrir a porta do Brasil para o autoritarismo e a intolerância. Votarei no Haddad", escreveu o político, que acaba de perder sua cadeira no Senado

Foto: Edilson Rodrigues

O senador Cristovam Buarque (PPS-DF) informou nesta quinta-feira (11) que votará em Fernando Haddad (PT) para a presidência.

Buarque, que acaba de perder sua cadeira no Senado, tem sido nos últimos anos um ferrenho crítico do PT chegando, inclusive, a votar a favor do impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff em 2016. Agora, no entanto, afirma que votará no PT para não “abrir a porta” do autoritarismo e da intolerância.

“Não vou ajudar a abrir a porta do Brasil para o autoritarismo e a intolerância. Votarei no Haddad”, escreveu em seu Twitter. Pelo Facebook, o senador divulgou um texto em que detalha as motivações para a sua escolha.

“Sem democracia a oposição ficaria impedida, os crimes e erros ficariam escondidos pela censura, como sofremos durante 21 anos de governos ditatoriais, desenvolvimento concentrador da renda e depredador da natureza, e com corrupção escondida. A democracia nos permite impedir gestos autoritários, barrar intolerância, proteger a natureza, garantir direitos humanos e, se necessário, reorientar o governo, dentro da Constituição. Por isso, sem ilusões, votarei Haddad”, explicou.

Confira a íntegra de sua postagem.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum