Fórumcast, o podcast da Fórum
07 de fevereiro de 2019, 21h21

Crivella reduz verba contra enchentes e Bolsonaro ignora tragédia no Rio

De um total de R$ 731 milhões aprovados para esse fim, a prefeitura usou somente R$ 166 milhões, o equivalente a 22% do que estava disponível

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Em apenas dois anos de gestão na prefeitura do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB) deixou de investir R$ 564 milhões em recursos disponíveis para ações de controle de enchentes e contenção de encostas.

De um total de R$ 731 milhões aprovados para esse fim, a prefeitura usou somente R$ 166 milhões, o equivalente a apenas 22% do que estava disponível, de acordo com informações de Leandro Prazeres, da Folha de S.Paulo.

No entanto, nem esses números sensibilizaram Jair Bolsonaro. Seis pessoas morreram em consequência da tempestade que castigou a região metropolitana do Rio de Janeiro, na noite de quarta-feira (6).

Apesar da tragédia, o presidente não usou sua conta no Twitter para se manifestar, conforme faz diariamente, mesmo internado.

Bolsonaro se limitou, nesta quinta-feira (7), a escrever amenidades no Twitter: “Começamos mais uma quinta-feira combatendo o bom combate. Temos uma missão e vamos cumpri-la. Precisamos estar unidos para transformar o Brasil em um local mais seguro para os cidadãos de bem! Não perderemos esta oportunidade única! Contem conosco! Nenhum assassino irá nos parar!”.


Redução

Apesar de recursos aprovados no orçamento para combate a enchentes e contenção de encostas, a prefeitura do Rio realizou pouco em relação ao que estava previsto.

Em 2017, dos R$ 342 milhões disponíveis, Crivella usou somente R$ 41 milhões. Já em 2018, o volume à disposição chegou a R$ 388 milhões. Contudo, a prefeitura investiu menos da metade: R$ 125 milhões.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum