“Cúpula dos Coronéis”: CPI lista militares que participaram de negociata com Davati

Ao menos sete coronéis participaram das negociações, segundo Cristiano Carvalho, da Davati; confira a lista

O representante da Davati Medical Supply no Brasil, Cristiano Carvalho, revelou à CPI do Genocídio a participação de 9 militares da ativa e da reserva das Forças Armadas – 7 coronéis – na negociata suspeita que envolveria a compra de 400 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca através da empresa estadunidense.

“Cúpula dos coronéis” foi como Carvalho nomeou na CPI o grupo que comandava o Ministério da Saúde ao ser questionado pela senadora Leila Barros (PSB-DF) se eles teriam entendimento técnico em saúde. Carvalho negou: “Parecia que eles desconheciam absolutamente tudo sobre comércio exterior, o que me surpreendeu, inclusive, porque eu ficava pensando como é que eles estavam negociando vacinas com os fabricantes se eles não tinham aquelas informações básicas”.

Segundo depoimento de Carvalho, haviam dois grupos distintos atuando nas negociações com a Davati. Um deles seria formado por Roberto Ferreira Dias, sargento e diretor de Logística do Ministério da Saúde, Marcelo Blanco, coronel e assessor de Dias, e o líder do governo na Câmara, Ricardo Barro (PP-PR). O outro, centrado nos militares, seria comandado pelo secretário executivo do ministério, Élcio Franco, segundo a CPI.

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) e o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), então, listaram todos os militares que foram citados por Cristiano na CPI. Confira a lista abaixo.

“É muito importante dizer que tudo nos leva a crer que é uma briga de quadrilhas, de atravessadores de um lado, de agentes que queriam vender vacinas sem saber sequer se tinham, mas o que é mais grave: de outro lado, ninguém ali, num grupo de servidores do mais alto escalão, agora envolvendo o núcleo militar”, concluiu Tebet.

Confira a lista de coronéis citada na CPI e as funções na época:

  • Élcio Franco, coronel (Secretaria Executiva do Ministério da Saúde
  • Marcelo Blanco Costa, coronel (Assessor do Departamento de Logística do Ministério da Saúde)
  • Cleverson Boechat Tinoco Ponciano, coronel (Coordenador-Geral de Planejamento do Ministério da Saúde)
  • Helcio Bruno de Almeida, coronel (Instituto Força Brasil)
  • Marcelo Pires, coronel (Coordenador do Plano Nacional de Operacionalização das Vacinas contra a Covid-19)
  • Glaucio Octaviano Guerra, coronel (Assessor do adido militar na Embaixada de Washington)
  • Guilherme Filho Odilon, coronel (Senah)
  • Roberto Ferreira Dias, sargento (Diretor de Logística do Ministério da Saúde)
  • Hardaleson Araújo de Oliveira, major da FAB

ASSISTA:

Com informações do Senado

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Lucas Rocha é formado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e cursa mestrado em Políticas Públicas na FLACSO Brasil. Carioca, apaixonado por carnaval e pela América Latina, é repórter da sucursal do Rio de Janeiro da Revista Fórum e apresentador do programa Fórum Global

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR