sábado, 19 set 2020
Publicidade

Dallagnol bajula Augusto Aras após articular campanha para barrá-lo na PGR

Após articular pelos grupos de Telegram uma campanha contra Augusto Aras, que foi indicado por Jair Bolsonaro para substituir Raquel Dodge na Procuradoria-Geral da República, Deltan Dallagnol, chefe da Lava Jato em Curitiba, iniciou um processo de aproximação, ligando para o futuro PGR nesta quinta-feira (12), segundo informações de Daniela Lima, na Folha de S.Paulo.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

Aras, que faz críticas aos procuradores “Nutella” da operação no seu périplo pelos gabinetes do Senado, teria prometido a Dallagnol um “diálogo permanente” – algo um tanto óbvio para a relação entre chefe e subordinados dentro da estrutura do Ministério Público Federal.

Conversas reveladas pela Vaza Jato mostram que Dallagnol articulou uma rede para barrar Augusto e levar o primo dele, Vladimir Aras, para o comando da PGR.

“Falei c Moro que confirmou que Aras é o candidato dele…. calma! O outro Aras rs”, brincou Dallagnol no grupo de procuradores no mês de abril.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.