#Fórumcast, o podcast da Fórum
03 de julho de 2018, 06h33

Dallagnol insinua que Toffoli agiu como funcionário de Zé Dirceu

Toffoli cassou nesta segunda-feira (2), a decisão do juiz Sérgio Moro de impor a Dirceu o uso da tornozeleira

Foto: Reprodução/MPF

O procurador da Lava Jato Deltan Dallagnol usou o Twitter nesta segunda-feira (2) para ironizar decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli. Ao comentar a decisão que livrou José Dirceu do uso da tornozeleira eletrônica, Dallagnol disse que o ministro da Suprema Corte “cancela cautelares de seu ex-chefe”.

Toffoli cassou a decisão do juiz Sérgio Moro de impor a Dirceu o uso da tornozeleira. O ministro afirmou na sentença que Moro “extravasou” sua competência ao determinar a medida cautelar .

“O Juízo da 13ª Vara Federal de Curitiba/PR, em decisão com extravasamento de suas competências, restabeleceu medidas cautelares diversas da prisão, outrora determinadas em desfavor do paciente, à míngua de qualquer autorização deste Supremo Tribunal Federal, que, em decisão colegiada da Segunda Turma, deferiu medida cautelar em habeas corpus de ofício, para assegurar a liberdade plena ao ora reclamante até a conclusão de julgamento da ação”, sentenciou o ministro do STF”.

Dias Toffoli integrou a equipe do então ministro José Dirceu na Casa Civil. Antes, foi consultor jurídico da CUT e assessor parlamentar na Assembleia Legislativa de São Paulo, além de advogado de Lula nas campanhas de 1998, 2002, e 2006. No governo do ex-presidente. foi advogado-geral da União.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags