Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
09 de dezembro de 2019, 12h34

Dallagnol processa União em R$ 59 mil por estar sendo “publicamente humilhado” por Gilmar Mendes

Na ação, os advogados do procurador da Lava Jato dizem que na sessão de julgamento de agravo regimental 4435-DF, em 14 de março de 2019, Mendes chamou os integrantes da força-tarefa de “cretinos”, “gentalhada”, “desqualificada”, “despreparada”, “covardes”...

Dallagnol e Gilmar Mendes (Montagem)

Cada vez mais preterido das bajulações de bajulações da mídia após a série de reportagens da Vaza Jato, Deltan Dallagnol entrou com processo contra a União por estar sendo “publicamente humilhado” pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes.

“A verdade é que o autor foi – e vem sendo – publicamente humilhado pelo Ministro. Impropérios na rádio, internet e durante sessões do Supremo Tribunal Federal – as quais são televisionadas. O ofensor tinha plena consciência da repercussão de suas palavras, bem como de suas consequências, eis que notório conhecedor do Direito”, descreve o advogado Pedro Henrique Xavier, que representa Dallagnol.

Segundo reportagem da revista IstoÉ nesta segunda-feira (9), a ação no valor de R$ 59 mil foi movida contra a União, que, se condenada, pode cobrar em seguida o valor do ministro.

Na ação, os advogados do procurador da Lava Jato dizem que na sessão de julgamento de agravo regimental 4435-DF, em 14 de março de 2019, Mendes chamou os integrantes da força-tarefa de “cretinos”, “gentalhada”, “desqualificada”, “despreparada”, “covardes”, “gângster”, “organização criminosa”, “voluptuosos”, “voluntaristas”, “espúrios”, “patifaria” e “vendilhões do templo”.

Dallagnol promete doar o dinheiro, caso vença a ação, ao hospital oncopediátrico “Erastinho”, vinculado ao Hospital Erasto Gaertner, em Curitiba.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum