Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
13 de fevereiro de 2020, 10h19

Dallagnol se revolta com nomeação de ex-petista para cargo no governo Bruno Covas, do PSDB

Dallagnol lembrou que Vacarezza é "um político acusado na Lava Jato de corrupção milionária e lavagem de dinheiro", mas um seguidor fez questão de dizer ao procurador que acusado não é condenado. "É errado o procurador condenar o acusado"

O procurador Deltan Dallagnol (Arquivo)

O procurador Deltan Dallagnol, chefe da Lava Jato em Curitiba, mostrou toda sua revolta nas redes sociais nesta quinta-feira (13) com a nomeação do ex-deputado petista, Cândido Vacarezza, atualmente no Avante (nova nomenclatura do PTB), pelo prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), como diretor do Departamento Hospitalar Dr. Ignácio Proença de Gouvêa, na Zona Leste da capital.

Compartilhando reportagem do blog do Fausto Macedo – que comumente vaza informações da Lava Jato -, no site do jornal O Estado de S.Paulo, Dallagnol indagou: “O que os paulistanos acham disto?”.

O procurador lembrou que Vacarezza é “um político acusado na Lava Jato de corrupção milionária e lavagem de dinheiro”, mas um seguidor fez questão de dizer a Dallagnol que acusado não é condenado.

“Ele é acusado e não foi ainda julgado. Todos acusados já são condenados? Muita gente acusada pelo MP foi depois inocentada. Não acho certa a nomeação. Mas também é errado o procurador condenar o acusado. Isso é papel de JUIZ”, comentou Nei Andrade na publicação.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum