Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
21 de janeiro de 2020, 18h21

Damares promove festa de princesa para “combater racismo”

Segundo a ministra, ela está escrevendo uma nova história para o Brasil

Reprodução/Twitter

A ministra Damares Alves realizou nesta segunda-feira (20) uma festa de princesa para a menina Ana Luísa Cardoso Silva, de 9 anos, que sofreu racismo na cidade de Anápolis (GO). A criança ouviu que “não existe princesa preta”.

Com o objetivo de se aproveitar da situação para inserir seu ministério na pauta do racismo, Damares decidiu fazer uma festa para dizer que acolheu a jovem. Com frases feitas, a ministra afirmou que “racismo é doença” e que o governo Bolsonaro é o “governo da inclusão” – esquecendo-se que não há nenhum negro no primeiro escalão do gabinete do ex-capitão.

“Ninguém mais nesta nação vai discriminar uma criança negra, indígena, oriental, branca, cigana, muçulmana, nordestina, nenhuma. Chega! É hora de dizer basta, mas não vamos dizer esse basta brigando, gritando, vamos dizer com amor. Este é o governo da inclusão”, afirmou em discurso feito durante a atividade.

Em vídeo gravado logo após o evento, Damares disse que pretende combater o racismo “com amor”. “Nós hoje estamos, com certeza, escrevendo uma nova história no Brasil. Sem racismo, nós vamos trabalhar nas escolas com amor. Não vai ser com briga não. Vai ser gritando não, vai ser com amor. Vamos trazer a solidariedade e a fraternidade para a mesa do debate nas escolas e em todos os lugares”, disse.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum